Tailândia: Excentricidades do oriente

Tailândia: Excentricidades do oriente

Atualizado: Sexta-feira, 31 Julho de 2009 as 12

Região Norte

Chiang Mai: também nome da província em que se encontra, essa é uma das mais famosas cidades do país. Recentemente, modernizou-se - é a segunda maior cidade da Tailândia, com muitas opções culturais, uma rica gastronomia, hotéis luxuosos e uma vida noturna agitada.

Mae Hong Son: uma província e cidade, adjacente à Chiang Mai, no extremo noroeste do país, que faz divisa com Mianmar. Possui vários pontos interessantes para serem visitados, como a cidade de Chiang Dao e as ''mulheres-girafas'', que moram em uma vila próxima, chamada Padong. O nome da província se refere a um profundo vale, ideal para o treinamento de elefantes, que se tornou um grande campo de criação desses mamíferos. Só recentemente foi conectada a Chiang Mai por rodovias e está distante da capital do país - são aproximadamente 900 Km que as separam. Visite próximo à cidade: Visite

Mae Chan: encontra-se a 35 Km de CHinag Rai e está a meio caminho entre Chiang Rai e Mae Sai. É um posto de troca para os Akha e Yao, pessoas que vendem sua produção artesanal para os comerciantes locais. Podem ser encontrados ornamentos e outros produtos dessas tribos nas lojas da cidade.

Região Central e Ilhas

Bangcoc: é o centro político, comercial e cultural da Tailândia, desde o século 18, e porto de entrada do país. Dos 60 milhões de habitantes do país, 10 milhões se encontram em Bangcoc. É considerada a ''Veneza do oriente'', pois foi construída às margens do Rio Chao Phraya. O centro da cidade é luxuoso e destoa das palafitas dos moradores ribeirinhos. Seus shopping centers e hotéis de luxo contrastam com o mercado flutuante, onde os mercadores vendem seus produtos sobre canoas. Várias são as atrações oferecidas pela cidade aos seus visitantes.

Confira os atrativos em Bangcoc e nas proximidades

Weekend Market: esse um dos maiores mercados da Ásia. Lá, tudo pode ser encontrado, de pequenos restaurantes até simples bancadas, onde se come de tudo, de espetinhos de camarão a gafanhotos empanados.

Muang Boran (Cidade Antiga): ao sul de Bangcoc, é considerado o maior museu a céu aberto do mundo. O chão, construído em estilo tailandês, junto com a arquitetura sofisticada estão preservados e são imperdíveis para quem visita Bangcoc.

Casa de Jim Thompson: essa casa é exemplo da arquitetura tailandesa residencial, incluindo uma coleção de arte asiática em seu interior. Jim Thompson foi um agente da inteligência americana durante a Segunda Guerra. Quando ela terminou, decidiu fixar residência por lá, tornando-se um expert em arte tailandesa e promotor da seda tailandesa no ocidente.

Ko Samui: é uma ilha de beleza ímpar, com suas águas de cor turqueza. As belezas culturais e naturais se espalham por toda a região: o grande Buda de 15 metros fica no norte da ilha, construído em 1972 pela população local para que as pessoas pudessem ter um espaço de devoção e meditação; as famosas rochas Hin Ta e Hin Ya  ficam no sudeste, próximas à cachoeira Namuang e do jardim mágico de Buda; a outra grande cachoeira está no noroeste da ilha, a Hin Lad, próxima à cidade de Nathon; no extremo sul, encontra-se o borboletário Tian. E não param por aí os locais a serem visitados, pois é a maior ilha do litoral leste tailandês.

Parque Nacional de Ao Phang-Nga: próximo à ilha de Pukhet, o parque cobre uma área de 400.000 Km² e 40 ilhas, com formações rochosas estranhas, cavernas submersas e vilas de pescadores. A região guarda, além da riqueza natural conservada, evidências de presença humana em pinturas rupestres, ferramentas e outros artefatos encontrados por arqueólogos. Milhões de anos atrás a região toda compunha uma das maiores barreiras de corais que se estendia por milhares de quilômetros. Entre as ilhas, estão a de Ko Kan, a Ko Panyi, a Ko Phanak e Ko Hong, onde os sitemas de cavernas parecem formar um grande auditório para quem visita. Passeios de caiaque ou canoa são recomendados para sentir mais de perto essa natureza. As excursões podem ser agendadas da cidade de Phang-Nga.

Koh Phi Phi: da maravilhosa costa da Tailândia, Koh Phi Phi é uma das mais fascinantes. Até 15 anos atrás, Phi Phi era pouco mais do que uma calma ilha de pescadores. Descoberta a pouco tempo, a ilha se transformou, mas sem perder o seu incrível charme. Praias de areia branca, mar absolutamente transparente, coqueiros e palmeiras são a paisagem predominante.

Região Sul

Parque Nacional de Thaleh Ban: esse parque nacional, localizado ao sul do país, na província de Satun, que faz fronteira com a Malásia, abriga uma das mais bem preservadas florestas fluviais de meranti branca do sudeste asiático. Seu terreno de colinas dá origem à muitas cavernas, cachoeiras, lagos e uma variada fauna. A cidade mais próxima ao parque é Satun, que fica bem distante de Bangcoc (são aproximadamente 15 horas de ônibus). Dentro do parque, é possível acampar ou ficar um uma das casas situadas à beira de um grande lago.

Vale lembrar

Bagagem: é permitida 2 malas com 30 Kg por passageiro, além da sacola de mão de 8 Kg. Lembre-se de identificá-la e fechá-la com cadeado.

Vacina: é obrigatório apresentar o comprovante internacional de vacina contra febre amarela. Além disso, recomenda-se tomar também as vacinas contra Hepatite A (em duas doses, sendo que ao tomar a primeira, a pessoa já estará imune), disponível em clínicas particulares; e contra tétano e febre tifóide, disponíveis nos Hospitais Emílio Ribas, Hospital das Clínicas e Ambulatório de Medicina do Viajante da Vila Clementino. É importante informar que as vacinas devem ser tomadas com antecedência - no caso de febre amarela, até 10 dias antes da viagem - para não ser surpreendido com a falta de alguma delas na ocasião da procura nos hospitais.

- Hospital Emílio Ribas: Av. Dr. Arnaldo, 165. Atendimento de Seg. a Sex., das 12h30 às 15h. Agendar: 55 (11) 3896 1366.

- Hospital das Clínicas: Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255. Atendimento de Seg. a Sex., das 07h30 às 15h.

Importante: Desde o dia 1º de junho de 2008, as vacinas contra febre amarela NÃO são mais aplicadas nos postos da Anvisa em Aeroportos e Portos do Estado de São Paulo. Nestes locais serão realizadas somente trancrições de certificados nacionais para internacionais. Para mais informações e esclarecimento de dúvidas,dirija-se ao posto de saúde mais próximo ou consulte o Ambulatório de Medicina do Viajante: 55 (11) 5084-5005, na Avenida Borges Lagoa, 770. É importante ligar para agendar uma visita.

Em São Paulo, o passageiro pode dirigir-se aos postos localizados nas Rodoviárias do Tietê (aberto diariamente, das 8h às 22h) e Barra Funda (aberto diariamente, das 8h às 20h).

Fuso Horário: + 10 horas en relação ao horário de Brasília

Idioma: tailandês

Moeda: Bath. Para ter uma idéia do valor do câmbio, você pode consultar: www.cotacao.com.br .

Imperdivel: Aproveite para passear de elefante na Tailândia. Não deixe de visitar as ilhas do sul do país, como Koh Samui, Koh Phang Nan, Phi Phi, entre outras.  Em local Koh Phang Nan é celebrada todos os meses a famosa Full Moon Party (festa da lua cheia. Já Phi Phi Island é o local onde foi rodado o filme "A Praia", com Leonardo de Caprio.

Gastronomia: A culinária tailandesa é muito apreciada dentro e fora do país. Carnes, peixes ou vegetais quase sempre são preparados com molhos condimentados ricos em pimenta, manjericão doce, folha de limão e coentro. Em muitos pratos, o molho de peixe substitui o sal. Se você não está acostumado com comidas apimentadas, peça para servirem sem o condimento. Experimente pratos como o ''fried rice'' (arroz frito) ou noodles, sempre acompanhados de carne, frango ou legumes

Alfandêga Brasileira: ao desembarcar no Brasil, são permitidos objetos de uso pessoal, roupas e brinquedos e U$500 em eletrônicos, mais U$500 de Free Shop.

Embaixada: contato da embaixada da Tailândia no Brasil (61) 3224-6943

Energia Elétrica: 220V

Cuidados: O trânsito na cidade de Bangkok é um caos. Cuidado ao atravessar a rua! Ao perceberem os turistas, os tailandeses costumam cobrar preços abusivos em corridas de taxi ou até mesmo nos famosos tuc-tucs, tradicional meio de transporte na Tailândia. Fique atento. Antes de viajar, confira a previsão do tempo ( http://br.weather.com ) e o check list que será entregue após a confirmação de sua viagem.

veja também