TAM fará manutenção de aeronaves da Mais Linhas Aéreas

TAM fará manutenção de aeronaves da Mais Linhas Aéreas

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 9:39

O Centro Tecnológico da TAM, unidade de negócios de MRO (Maintenance, Repair and Overhaul), acaba de fechar contrato com a Mais Linhas Aéreas, empresa brasileira de aviação civil com sede em Salvador, Bahia. Está prevista a execução de serviços de pintura e adaptações técnicas nas aeronaves da frota da companhia - inicialmente, serão duas aeronaves MK28, com capacidade para cem passageiros. Os serviços serão executados nos hangares do Centro Tecnológico, localizados em São Carlos, no interior de São Paulo.

O vice-presidente de Operações e Manutenção da TAM, Ruy Amparo, afirma: "A escolha da nossa unidade de MRO como um dos provedores de serviços de manutenção das aeronaves da Mais Linhas Aéreas, uma companhia recém-criada, que se prepara para iniciar suas operações de voo no Brasil, é motivo de orgulho para nós e reforça que somos referência mundial na prestação de serviços aeronáuticos de segurança e de qualidade."

Para Rogério Oliveira, diretor da Mais Linhas Aéreas, a opção pelo Centro Tecnológico da TAM, reconhecido pela excelência de seus serviços, representa para a nova companhia a reafirmação de seu compromisso com a segurança e a tranquilidade de seus passageiros.

"Queremos ser símbolo da eficiência e da qualidade da nova aviação brasileira e representar uma opção segura, rigorosa com horários e com compromisso com a satisfação de nossos usuários", afirma Oliveira.

Certificações

O Centro Tecnológico da TAM é uma unidade de negócios voltada ao mercado de manutenção aeronáutica, autorizada pelas principais agências regulatórias da aviação mundial: além da brasileira Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), possui certificações da européia Easa (European Aviation Safety Agency), da norte-americana FAA (Federal Aviation Administration) e de agências de diversos outros países das Américas (Argentina, Chile, Equador, Paraguai, Canadá), além do Dirmab (Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico).

Em março deste ano, a TAM MRO foi certificada também pela autoridade aeronáutica das ilhas Bermudas, território ultramarino do Reino Unido, para prestar serviços de manutenção em componentes e em aeronaves registradas pelo BDCA (Bermuda Department of Civil Aviation). Desde janeiro de 2007, possui a certificação Iosa (Iata Operational Safety Audit), o mais completo e aceito atestado internacional em segurança operacional. A unidade de MRO da TAM está certificada para prestar serviços de manutenção pesada para os seguintes modelos de aeronaves: Airbus A318/A319/A320/A321, Airbus A330, Boeing 767, Fokker 100 e ATR 42.

Atualmente, o corpo de funcionários diretos da unidade está em torno de 1.200 pessoas, incluindo técnicos e engenheiros que trabalham nos hangares e oficinas do centro de manutenção. Seus hangares têm capacidade para acomodar simultaneamente até sete aeronaves (quatro de médio porte e três de pequeno porte.

Capacitado em cerca de cinco mil componentes dos mais diversos, sua estrutura conta com 24 oficinas especializadas, como: Hidráulica, Pneumática, Aviônicos, Atec, IDG, Material Composto e Trem de Pouso. Fazem também parte de seu portfólio: treinamento, manutenção de linha e fornecimento de GSE (Ground Support Equipment), conjunto de máquinas (esteiras, tratores, escadas) utilizado para realizar as operações de carregamento e descarregamento das aeronaves nos aeroportos.    

veja também