TAM poderá comprar um terço da companhia aérea regional Trip

TAM poderá comprar um terço da companhia aérea regional Trip

Atualizado: Terça-feira, 5 Abril de 2011 as 9:40

A TAM anunciou um acordo para a aquisição de 31% da Trip. O valor do negócio não foi divulgado. A expectativa é que o negócio seja formalizado dentro de 90 dias.

O aporte da TAM servirá para reforçar o caixa da Trip. O objetivo, segundo analistas ouvidos pela Folha, é fazer frente à concorrência da Azul, adquirindo mais aviões e com mais fôlego financeiro para suportar guerras tarifárias.

"O mercado de médio porte está cada vez mais competitivo e as tarifas promocionais já são uma realidade", disse o presidente da Trip, José Mário Caprioli.

Azul e Trip têm suas bases de operação em Campinas e possuem malhas similares. As duas operam em cidades de médio porte com jatos Embraer e turboélices ATRs.

Em 13 anos, a Trip conquistou 2,8% do mercado. A novata Azul, 3, já detém 8%.

"Este é um negócio muito mais importante para a Trip do que para a TAM", afirma André Castellini, sócio da consultoria Bain&Co, que tem entre seus clientes, a TAM. "Para a TAM é um bom negócio estrategicamente, mas do ponto de vista de ganho econômico é pouco relevante."   PLANEJAMENTO

Para o presidente da TAM S.A, Marco Antonio Bologna, a entrada no capital da Trip vai permitir que as empresas façam "planejamentos de longo prazo convergentes de malha e frota".

"A Trip tem um foco que está em linha com a estratégia da TAM, que já se posicionou nesse mercado com a compra da Pantanal", disse.

A expectativa é de que a TAM faça um primeiro aporte após a conclusão da operação, o que deve levar pelo menos 90 dias. O segundo aporte será feito 12 meses depois. Segundo Bologna, os valores envolvidos na negociação serão divulgados na data da formalização do acordo.

"A entrada da TAM chancela o modelo de desenvolvimento no qual a Azul foi pioneira", diz o diretor de comunicação e marca da Azul, Gianfranco Beting. "Não temos medo de competição, vamos encarar essa briga."  

veja também