Turismo bizarro: passe uma noite na cadeia no Canadá

Turismo bizarro: passe uma noite na cadeia no Canadá

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 10:11

A pacata cidade de Trois-Rivières, situada na beira do rio Saint-Laurent, no coração da região canadense do Québec, poderia passar despercebida não fosse uma particularidade. Até 1986, Trois-Rivières abrigou a Antiga Cadeia de Trois-Rivières, primeiro presídio construído no país, em 1822 pelo arquiteto François Baillairgé.

» Veja mais fotos

Concebida para receber 40 presidiários, a cadeia chegou a receber mais de 100 detentos. As péssimas condições do local levaram a diversos trabalhos de renovação ao longo dos anos.

Além de ser um monumento histórico, a antiga cadeia de Trois-Rivières é uma viagem no tempo e uma oportunidade de conhecer a vida dos antigos presidiários reclusos no local.

Você pode fazer uma visita guiada com ex-presidiários que mostram as celas e as solitárias, com relatos detalhados de uma realidade forte e assustadora. Mas a maior originalidade dos passeios na antiga cadeia de Trois-Rivières é a opção "sentença de uma noite".

Exclusiva para grupos a partir de 15 pessoas, a experiência consiste em passar a noite numa cela, como um presidiário. Você será recebido pelo guarda da cadeia, que fará até mesmo sua ficha de encarceração, com sua foto e suas impressões digitais, e dará o seu uniforme. Em seguida, ele levará você e seu grupo para sua ala, onde um guia explicará a vida carcerária.

Você passará a noite em sua cela com outros "detentos" e, no dia seguinte, deverá arrumar sua cela antes de ter direito a um café da manhã bem simples. Depois disso, você poderá recuperar sua liberdade, quando o guarda abrir a porta da cadeia e o deixar ir. A "sentença de uma noite" custa R$ 100 e a visita guiada, a partir de R$ 15.

Durante o verão do hemisfério norte, entre julho e setembro, você pode entrar na pele de um membro de um júri nos anos 20, participando de uma simulação de julgamento de um crime cometido em Trois-Rivières no começo do século 20. Para isto, você deverá assistir um curta-metragem dos principais fatos e depoimentos do processo, analisar as provas e refletir sobre o veredito: culpado ou inocente?

veja também