Turismo cresce em Israel e atrai brasileiros

Turismo cresce em Israel e atrai brasileiros

Atualizado: Segunda-feira, 5 Outubro de 2009 as 12

Israel voltou a atrair um grande número de visitantes, interessados principalmente nos locais sagrados para o Cristianismo, o Islamismo e o Judaísmo. Somente em 2008, trinta e um mil brasileiros visitaram Israel, um crescimento de 55% em relação a 2007. Os dados são do Ministério do Turismo de Israel no Brasil.

Israel está localizado no ponto de encontro de três continentes: a Europa, a Ásia e a África. A visita começa por Tel Aviv. Porta de entrada em Israel e centro comercial e financeiro do país, é uma cidade bela e moderna localizada na costa do Mediterrâneo. Há várias opções de passeios, desde museus a belos parques e praias; de teatros a restaurantes refinados e lojas requintadas. Destaque também para o Mercado Carmel, um dos maiores mercados a céu aberto do Oriente Médio, além das galerias de arte e centros de artesanato. Conhecida como "a cidade que nunca dorme", Tel Aviv também tem vida noturna agitada em seus pubs e danceterias. E destaca-se por concentrar boa gastronomia, como a área portuária de Jafa, que reúne os melhores restaurantes de pescados do país.

Palco dos últimos passos de Jesus, Jerusalém é a cidade que mais atrai os cristãos de todo o mundo. Por ali, passam milhares de peregrinos, principalmente na época do Natal. A capital de Israel une a riqueza histórica à modernidade, contrastando as muralhas da Cidade Velha aos shoppings da Cidade Nova. Museus, como os de Israel e da Torre de Davi, e templos sagrados, como a Igreja do Santo Sepulcro e o Santuário do Livro, que guarda os manuscritos do Mar Morto, escritos há mais de dois mil anos, são alguns de seus atrativos. Além, é claro, do Muro das Lamentações, resquício da muralha construída pelo Rei Herodes no ano 20 a.C. e onde os judeus lamentavam a dispersão de seu povo e a destruição do templo - o que deu origem ao nome.

Para quem quer visitar Israel existem diversos pacotes turísticos, em vôos regulares, diretos para Tel Aviv, com saídas do Brasil em vários dias da semana. O pacote da Sky Turismo, no Rio de Janeiro, por exemplo, de 10 dias, inclui passagens aéreas, visitas guiadas, transporte terrestre e hotéis com café da manhã. Em Israel o clima é agradável durante todo o ano e o que é melhor, não é um país caro para o brasileiro, já que o real tem cotação vantajosa em relação à moeda local, o shekel (R$1 vale 2,11 shekels).

Israel voltou a atrair um grande número de visitantes, interessados principalmente nos locais sagrados para o Cristianismo, o Islamismo e o Judaísmo. Somente em 2008, trinta e um mil brasileiros visitaram Israel, um crescimento de 55% em relação a 2007. Os dados são do Ministério do Turismo de Israel no Brasil.

Israel está localizado no ponto de encontro de três continentes: a Europa, a Ásia e a África. A visita começa por Tel Aviv. Porta de entrada em Israel e centro comercial e financeiro do país, é uma cidade bela e moderna localizada na costa do Mediterrâneo. Há várias opções de passeios, desde museus a belos parques e praias; de teatros a restaurantes refinados e lojas requintadas. Destaque também para o Mercado Carmel, um dos maiores mercados a céu aberto do Oriente Médio, além das galerias de arte e centros de artesanato. Conhecida como "a cidade que nunca dorme", Tel Aviv também tem vida noturna agitada em seus pubs e danceterias. E destaca-se por concentrar boa gastronomia, como a área portuária de Jafa, que reúne os melhores restaurantes de pescados do país.

Palco dos últimos passos de Jesus, Jerusalém é a cidade que mais atrai os cristãos de todo o mundo. Por ali, passam milhares de peregrinos, principalmente na época do Natal. A capital de Israel une a riqueza histórica à modernidade, contrastando as muralhas da Cidade Velha aos shoppings da Cidade Nova. Museus, como os de Israel e da Torre de Davi, e templos sagrados, como a Igreja do Santo Sepulcro e o Santuário do Livro, que guarda os manuscritos do Mar Morto, escritos há mais de dois mil anos, são alguns de seus atrativos. Além, é claro, do Muro das Lamentações, resquício da muralha construída pelo Rei Herodes no ano 20 a.C. e onde os judeus lamentavam a dispersão de seu povo e a destruição do templo - o que deu origem ao nome.

Para quem quer visitar Israel existem diversos pacotes turísticos, em vôos regulares, diretos para Tel Aviv, com saídas do Brasil em vários dias da semana. O pacote da Sky Turismo, no Rio de Janeiro, por exemplo, de 10 dias, inclui passagens aéreas, visitas guiadas, transporte terrestre e hotéis com café da manhã. Em Israel o clima é agradável durante todo o ano e o que é melhor, não é um país caro para o brasileiro, já que o real tem cotação vantajosa em relação à moeda local, o shekel (R$1 vale 2,11 shekels).

veja também