Turismo de aventura com segurança total

Turismo de aventura com segurança total

Atualizado: Segunda-feira, 23 Maio de 2011 as 8:49

Voo livre, rafting, trekking ou arvorismo são algumas ótimas opções para colocar adrenalina nas férias, mas é preciso atenção e responsabilidade. Confira os cuidados necessários para a prática de oito modalidades esportivas

Que tal aproveitar as férias para escalar montanhas, mergulhar em águas profundas, fazer trilhas em mata fechada ou voar de parapente? O turismo de aventura ganha cada vez mais adeptos no Brasil. Segundo o relatório do Programa Aventura Segura, do Ministério do Turismo, que será divulgado neste semestre, o gasto do turista com atividades deste tipo no Brasil aumentou 165% na comparação de 2008 para 2009.

Mas junto com o crescimento da demanda aumenta também a preocupação com a segurança ao praticar este tipo de atividade. Atualmente, há 71 empresas do segmento certificadas em gestão de segurança no Brasil. O documento de qualificação é emitido pelo Ministério do Turismo, em parceria com o Sebrae e a Abeta (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura) e transmite um pouco mais de tranquilidade para quem pratica o turismo de aventura, que engloba atividades recreativas que envolvem desafios e riscos, tais como arvorismo, escalada, montanhismo, mergulho, rafting, voo livre, entre outras.

Portanto, antes de praticar qualquer uma destas atividades, o turista precisa se atentar para diversas questões de segurança. De acordo com Silvia Basile, diretora-presidente da Associação Férias Vivas, entidade que atua na conscientização e prevenção de acidentes em viagens, os turistas devem prestar atenção, principalmente, nas caracteristicas de riscos de cada modalidade e o estado do equipamento fornecido para praticá-la. Como regras gerais, também é importante procurar empresas e equipes de apoio experientes e habilitadas e exigir itens de segurança como capacetes e coletes salva-vidas, por exemplo. Antes de se aventurar na sua próxima viagem, veja os cuidados necessários para a prática de cada atividade radical.    

veja também