Turismo de aventura ganha novo destino no Maranhão

Turismo de aventura ganha novo destino no Maranhão

Atualizado: Quarta-feira, 23 Setembro de 2009 as 12

As belas paisagens da Chapada das Mesas, no sudoeste maranhense, compõem o cenário de produções recentes na TV e no cinema. Mais conhecida pelos graves problemas de incêndio nas matas, que por sinal agora em setembro voltaram a queimar o cerrado no Estado, a região é marcada pelas formações geológicas de arenito de mais de 60 milhões de anos. São morros cuja principal característica é ter superfícies planificadas por causa da erosão, com formatos que lembram mesas. Mas recentemente o que tem mais chamado atenção para o local é sua grande quantidade de cachoeiras. Ao todo são 25 quedas d’água com temperatura média de 21 graus. 

Foi nesta paisagem que os primeiros capítulos de Cama de Gato, a próxima novela das 18 horas da Rede Globo, que estréia em 5 de outubro, foram gravados, com os atores Marcos Palmeira, Carmo Dalla Vechia e Isabela Garcia, em Riachão e Carolina.

Na trama acontece a perseguição ao personagem Gustavo, um perfumista de perfil arrogante, interpretado por Palmeira. Uma das cenas de maior expectativa é a que mostra o perfumista sendo atingido por um tiro na Cachoeira Santa Bárbara e é dado como morto.

De acordo com Marcos Palmeira, as gravações foram marcantes. ''A Chapada das Mesas é um dos lugares mais lindos que já vi na vida. O centro histórico da cidade de Carolina também é uma graça. Pena que a região sofre com o descaso e a falta de infra-estrutura'', afirma o ator.

Flor de Abril

Além da TV, o cenário da Chapada das Mesas está presente no novo filme do cineasta Cícero Filho, intitulado ''Flor de Abril'', com cenas gravadas em Poço Azul e na Igreja da Matriz da cidade de Riachão. Nas gravações, moradores da comunidade atuaram como figurantes. O filme deve ser lançado em janeiro de 2010. A expectativa é de que as produções audiovisuais tornem o lugar mais conhecido nos próximos meses. 

E para potencializar o turismo local, o Sebrae tem feito um trabalho sistemático de profissionalização, em parceira com governos locais e empresários do setor. A iniciativa mais recente foi a divulgação do roteiro na 'Adventure Sport Fair', considerada a maior vitrine de esporte e turismo de aventura da América Latina. A feira foi realizada no começo de setembro em São Paulo. Os resultados da divulgação nesse evento são bastante promissores.

De acordo com o gestor de turismo do Sebrae na Chapada das Mesas, Luís Marques, foi muito grande o número de visitantes no estande da feira, em busca de informações sobre os atrativos. “Fizemos contatos com muitas operadoras e agências. Certamente em breve surgirão novas parcerias que vão movimentar o turismo da região”.

APL de turismo

O Sebrae atua na região como um Arranjo Produtivo Local de Turismo, cujos resultados são visíveis a cada dia, como mostra pesquisa encomendada pela Instituição para analisar o crescimento em Carolina. A oferta em número de unidades habitacionais saltou, de 168 em 2005, para 225 apartamentos em 2007. Já a taxa de ocupação-cama aumentou de 28% para 37% e a entrada de turistas teve crescimento de 31,5% no mesmo período.

Já o processo de consolidação do turismo na cidade de Riachão teve início praticamente no começo de 2009 e ainda tem muito trabalho pela frente, mas está no caminho certo. ''Queremos lançar novos desafios e deixar mais recomendações para voltarmos aqui novamente daqui a três anos. Acredito que o crescimento do turismo na região será bem maior'', prevê o diretor-técnico do Sebrae Nacional, Luiz Carlos Barboza.

Ecoresort

Um dos empresários que mais investem no turismo da região é Pedro Iran, proprietário da Pipes, empresa do ramo metalmecânico e de transportes. Segundo o engenheiro de obras da Pipes, Augusto Lucena, está sendo construído em Pedra Caída, no município de Carolina, um ecoresort de 13 mil metros quadrados, composto de 36 chalés, 24 apartamentos e um centro de convenções para 300 pessoas. Ao todo, o projeto custará R$ 14 milhões e ficará pronto em 2011.

Além disso, em Pedra Caída será construído um pólo de asa delta. ''Pretendemos transformar o lugar num dos pontos mais visitados do País pelos amantes do esporte'', informa Lucena. Um grande desafio na empreitada, no entanto, é enfrentar a queimada nas matas. Mas com apoio do Instituto Chico Mendes, os focos de incêndio têm diminuído.

Como chegar?

A forma mais rápida de chegar à Chapada das Mesas é pegar um vôo até Imperatriz (Tam e Gol operam vôos diários) e de lá percorrer 220 quilômetros de carro ou ônibus até Carolina pela BR 010.

A Cia do Cerrado Ecoturismo oferece pacote para a Chapada das Mesas com duração de quatro dias e três noites. Hospedagem na Pousada do Lajes ( www.pousadadolajes.com.br ), em Carolina. Quarto com TV e frigobar. Café da manhã incluso. Passeios em veículo 4x4 para cachoeiras, guia local e seguro viagem. Translado Imperatriz/Carolina/Imperatriz. Aéreo não incluso. Valor: a partir de R$ 1,2 mil por pessoa (apto duplo). Informações: (99) 3531-3222 e 8122-0316 - www.ciadocerrado.com.br .

Serviço:

Secretaria de Turismo de Carolina (MA) - (99) 3531-8378

Secretaria de Turismo do município de Riachão (MA) - (99) 3531-0180

Agência Sebrae de Notícias - (61) 3348-7138 e 2107-9362

www.agenciasebrae.com.br

veja também