Turismo em Galápagos lembra expedição científica

Turismo em Galápagos lembra expedição científica

Atualizado: Quinta-feira, 26 Agosto de 2010 as 9:49

O paraíso natural que encantou Charles Darwin (1809-1882) há 175 anos acabou de sair da lista de patrimônios em risco da Unesco. Mais um motivo para levar os turistas a conhecer o arquipélago de Galápagos, no Equador.

Fazer uma viagem até as ilhas significa embarcar em uma espécie de expedição científica, que revelará uma fauna incomparável.

Neste conjunto de 19 ilhas e 40 ilhotas, o turista encontra animais que não existem em nenhum outro lugar do planeta. E o mais surpreendente: a maioria dos bichos não tem medo dos visitantes. Pelo contrário: eles chegama recepcionar os turistas nos deques de desembarque.

Somente em Galápagos, iguanas, leões-marinhos, albatrozes, cormorões e dezenas de outros animais cruzam com você sem que sua presença faça a mínima diferença a eles.

A versão integral do texto está no caderno de Turismo da Folha de S.Paulo desta quinta-feira (dia 26). Há também sugestões de passeios em Gálapagos e em Quito, no Equador.

A edição traz ainda 16 pacotes de viagem para aproveitar no feriado de 7 de Setembro e reportagem sobre países que não exigem visto de entrada dos turistas brasileiros.

lista empresas que oferecem serviços para quem está com viagem programada para a Flórida --como as de aluguel de carro, agências de viagens e hotéis -- e apresenta um museu que reúne aviões antigos raros. Leia também reportagem sobre balonismo, que pode ser feito nos arredores de Orlando.

Por: Jaime Borquez

veja também