Turismo em Israel bate novo recorde

Turismo em Israel bate novo recorde

Atualizado: Segunda-feira, 26 Julho de 2010 as 10:12

Israel é um país rico em história e com inúmeras atrações turísticas. É um lugar que atrai um grande número de visitantes interessados, principalmente, nos locais sagrados para o Cristianismo, o Islamismo e o Judaísmo.

No primeiro semestre de 2010, o turismo na Terra Santa bateu um novo recorde. De acordo com o Ministério do Turismo israelense, 1,6 milhão de pessoas visitaram o local neste período, o que representa um aumento de 39% em relação ao mesmo período de 2009, e de 10% se comparado aos primeiros seis meses de 2008, ano do recorde anterior.

Alguns fatores podem explicar esse crescimento, entre eles, a mudança da política de aviação israelense, permitindo que mais empresas aéreas operassem no país, e o crescimento da peregrinação evangélica a Israel.

Nos últimos meses, foi constatado também um aumento no trânsito de turistas provenientes da América do Sul, principalmente do Brasil. Cerca de 75% daqueles que visitam Israel não são judeus. “Este é um país que cada pessoa no mundo tem uma motivação para visitar”, afirma Ami Etgar, diretor geral do Israel Incoming Tour Association.

Tel Aviv é a porta de entrada para a Terra Santa. A capital israelense é o centro comercial e financeiro do país e uma cidade bela e moderna, localizada na costa do Mediterrâneo. Do lugar, turistas partem para conhecer os pontos sagrados e alguns cenários de passagens da Bíblia, como as cidades de Belém, Nazaré, Jericó, Cafarnaum e ainda o Mar Morto e a região do Lago de Tiberíades, na Galiléia.

Seguindo os passos de Jesus

O palco dos últimos passos do Senhor Jesus, Jerusalém, é a cidade que mais atrai os cristãos do mundo inteiro. Belém, na Cisjordânia, onde Ele nasceu, fica apenas 5 quilômetros ao sul do local, mas vale a pena seguir um pouco mais adiante para conhecer Eilat, palco do encontro do rei Salomão e a rainha de Sabá. No balneário, onde fica o Mar Vermelho, há muitas praias paradisíacas e luxuosos hotéis.

Os interessados em visitar o país podem optar por diversos pacotes turísticos, em voos regulares, diretos para Tel Aviv, com saídas do Brasil em vários dias da semana. Muitos incluem, além da passagem aérea, visitas com guias turísticos, transporte terrestre por todas as cidades e hotel com café da manhã.

Israel não é considerado um país caro para o brasileiro. A moeda local é o shekel. Cada R$ 1 equivale a dois shekels. Com relação ao clima, as temperaturas giram em torno de 15 graus e quase não chove. Os meses de janeiro e fevereiro são mais frios.  

veja também