Turismo português teria perdido entre 35 a 40 milhões com nuvem de cinzas

Turismo português teria perdido entre 35 a 40 milhões com nuvem de cinzas

Atualizado: Quinta-feira, 6 Maio de 2010 as 3:04

O Governo avançou, esta quinta-feira, pela voz do secretário de Estado do Turismo, estimativas que mostram que o turismo português teria perdido entre 35 a 40 milhões de euros com a nuvem de cinzas vulcânicas que durante uma semana perturbou em larga escala as ligações aéreas europeias e que esta semana voltou a “atacar”.

Em função de alguns dos dados que nos foram chegando das diversas regiões turísticas do país e toda a sua implicação não só ao nível do cancelamento de voos, de dormidas que se perderam, da despesa que o turista faz, chegamos a um valor entre os 35 e 40 milhões de euros», explicou Bernardo Trindade, citado pela TSF.

Espanha fala em prejuízos de 240 milhões e Itália de outros 300 milhões de euros.

Recorde-se que na semana passada os 27 Estados-membros reuniram com o vice-presidente da Comissão Europeia onde anunciaram as avaliações da mais recente crise aérea. "Chamámos à atenção (do vice-presidente da Comissão Europeia) para a necessidade de termos programas de co-financiamento aprovados a breve prazo para que possam constituir uma resposta importante para todas as regiões turísticas do país, uma vez que Portugal depende cada vez mais desta actividade", declarou o governante.

veja também