Turistas pagam para trabalhar em escavações arqueológicas em Israel

Turistas pagam para trabalhar em escavações arqueológicas em Israel

Atualizado: Quarta-feira, 17 Fevereiro de 2010 as 12

Em Israel, turistas pagam 25 dólares (cerca de R$ 52) para passar o dia escavando em ruínas do Parque Nacional de Beit Guvrin, em Jericó. Eles não só escavam como peneiram o material retirado dos sítios arqueológicos.

Por ano, de 30 a 50 mil turistas pagam para participar da escavação. A entidade que desenvolve o trabalho arrecada cerca de 1 milhão de dólares anualmente com o projeto, que já acontece há 25 anos. Caso alguma descoberta seja importante, é devidamente catalogada pela instituição.

As ruínas da Terra Santa atraem principalmente turistas cristãos e jovens judeus. Segundo os organizadores, a iniciativa dá a chance de as duas culturas se sentirem mais ligadas às suas origens.

veja também