Viaja Mais Melhor Idade faz treinamento no Rio, Fortaleza e Ribeirão Preto

Viaja Mais Melhor Idade faz treinamento no Rio, Fortaleza e Ribeirão Preto

Atualizado: Sexta-feira, 13 Agosto de 2010 as 4:37

O programa Viaja Mais Melhor Idade, do Ministério do Turismo e Braztoa, dá prosseguimento aos treinamentos para os agentes de viagem em diversas cidades brasileiras. Já tendo passado por doze cidades desde junho, o programa tem agendados treinamentos no Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE) e Ribeirão Preto (SP) na semana que vem (veja quadro abaixo). No dia 27, é a vez de Santos, no litoral paulista. “Estamos voltando ao Rio de Janeiro onde o primeiro treinamento, no mês passado, superou as expectativas e os pedidos de outros agentes se intensificaram”, diz o coordenador do programa, Enzo Arns.

Os treinamentos têm apoio da Abav Nacional. Outras cidades que tiverem interesse em ter treinamentos do VMMI podem ligar para a Braztoa (11 3259-9500) e falar com a equipe do programa.

Em 2010, o Viaja Mais Melhor Idade está oferecendo saídas de 27 cidades para 35 destinos, em todos os estados brasileiros. Destinos como Lençois Maranhenses (MA) e Chapada Diamantina (BA) pela primeira vez fazem parte do programa.  Nesta edição, as operadoras selecionadas ofertarão dois tipos de pacotes: o básico e o especial. O pacote básico oferece transporte, traslados, hospedagem, duas refeições diárias, pelo menos dois passeios customizados e um seguro de viagem sem limite de idade. O pacote especial tem como diferenciais a presença de um guia de turismo especializado, assim como de três a cinco refeições diárias, além de diversos passeios e atividades desenhadas para este público.

Também já estão sendo oferecidos pacotes para o Chile, resultado de um acordo entre o Brasil e o país vizinho. É a primeira vez, desde a criação do programa brasileiro, em 2007, que são ofertadas viagens para o exterior. Pelo acordo, pelo menos 500 turistas de cada país participarão neste semestre.

As operadoras que vendem pacotes do programa em 2010 são CVC, Intercontinental, Luxtravel, Marsans, MGM, New Line, Pomptur, Sanchat e Voetur.

Desde sua implementação, em 2007, até o ano passado, foram comercializados 390 mil pacotes, gerando uma movimentação financeira no setor formal do turismo que excede a marca de R$ 351 milhões.

veja também