Viaje sozinho e aproveite o tempo

Viaje sozinho e aproveite o tempo

Atualizado: Segunda-feira, 7 Julho de 2008 as 12

Algumas pessoas viajam sozinhas por opção, outras porque não encontraram companhia. Viajar sozinho é uma grande experiência, mas recomendável apenas para pessoas de espírito independente, emocionalmente equilibradas e auto-confiantes.

A solidão não é algo que todo mundo consegue encarar com facilidade. Por outro lado, as possibilidades de conhecer pessoas, fazer boas amizades e até de acabar encontrando companhia de viagem são muito maiores quando se viaja sozinho. Procure levar um bom livro, longas esperas em aeroportos ou em estações podem ser tediosas.

Na maioria das vezes, é possível conhecer pessoas decentes e confiáveis que acabam tornando-se verdadeiros amigos. Mas é preciso ter cuidado ao se relacionar com as quais acabamos de conhecer, não confie demais nos seus "novos amigos".

Quem viaja só tende a se sentir sozinho, frágil, carente e sujeito a se deixar levar por conversas nas quais normalmente não cairia. Os telefones de emergências e de pessoas confiáveis devem estar à mão. O viajante solitário é vítima de roubos com mais freqüência do que casais ou grupos. Se dividir um quarto com um novo amigo, procure deixar o grosso de seu dinheiro no cofre do hotel e evite que saibam quanto você tem.

Há países em que as pessoas são sociáveis e é até gostoso ir sozinho. Nos países muito exóticos, a tendência é sentir-se ainda mais estrangeiro.

Para as pessoas menos exigentes em relação a conforto e também dispostas a gastar menos, uma boa opção são os albergues, bons lugares para encontrar outros solitários e fazer amigos.

Viajar sozinho para lugares que já conhecemos ou já temos amigos, é muito mais fácil; esse talvez seja o caso em que estar desacompanhado vale a pena. Lembre-se: estar sozinho em uma viagem sai um pouco mais caro.  

Postado por: Débora Lacerda 

veja também