Voos a Bali permanecem cancelados por conta de erupção de vulcão

Voos a Bali permanecem cancelados por conta de erupção de vulcão

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 2:32

Jacarta, 28 jan (EFE).- Os voos de inúmeras companhias aéreas internacionais com destino à turística ilha de Bali permanecem cancelados nesta sexta-feira por conta das nuvens de cinzas expelidas pelo vulcão da ilha de Java.

Nesta quinta-feira as autoridades elevaram o alarme e criaram um perímetro de segurança de 2 quilômetros após o vulcão ter aumentado sua atividade, mas por enquanto não há temores de que aconteça uma erupção de grande escala.

Um porta-voz do aeroporto balinês de Denpasar relatou que há pelo menos 11 voos cancelados, incluindo os das companhias aéreas Cathay Pacific de Hong Kong e das australianas JetStar e Virgin Blue.

O Governo da Indonésia recomendou às companhias aéreas que evitem o espaço aéreo em um raio de 370 quilômetros em torno do vulcão Bromo, principalmente na parte oriental.

"A direção do vento parece se dirigir a Bali, por isso aconselhamos às companhias aéreas que utilizem outras rotas, embora por enquanto não haja uma ameaça séria", indicou Bambang Ervan, porta-voz do Ministério de Transporte indonésio.

Ervan afirmou que, até agora, a nuvem de fumaça e cinzas não afetou os voos domésticos e que inclusive algumas companhias aéreas internacionais continuam chegando a Bali.

O Departamento de Meteorologia de Darwin, norte da Austrália, alertou na quinta-feira que a nuvem de cinzas causada pela erupção do Bromo havia se estendido cerca de 370 quilômetros ao noroeste do vulcão.

As autoridades indonésias declararam no final de novembro o alerta máximo no vulcão do Monte Bromo, mantido durante duas semanas.

veja também