Vulcões também são atração para turistas

Vulcões também são atração para turistas

Atualizado: Quinta-feira, 25 Agosto de 2011 as 1:32

Nos últimos anos, vulcões ganharam espaço no noticiário por atrapalhar a vida de milhões de viajantes. Em 2010, a Europa inteira parou por causa de um vulcão islandês de nome impronunciável, o Eyjafjallajökull. Neste ano, foi a vez dos viajantes da América do Sul sofrerem por causa do vulcão chileno Puyehue, que paralisou milhares de voos, afetando muitos turistas brasileiros com passagem marcada para países como Argentina e Uruguai.

No entanto, vulcões também são uma atração para muitos turistas aventureiros que querem ver se aproximar de crateras e conhecer alguns dos mais de 1,5 mil vulc&No entanto, vulcões também são uma atração para muitos turistas aventureiros que querem ver se aproximar de crateras e conhecer alguns dos mais de 1,5 mil vulc&&37;es em atividade do planeta. Na lista, vulc&es em atividade do planeta. Na lista, vulc&&37;es míticos como o Krakatoa, na Indonésia ou Popocatépetl, no México, além de outros menos conhecidos como o Tungurahua no Equador, e o Pacaya na Guatemala. Algumas companhias de turismo especializadas organizam expediç&es míticos como o Krakatoa, na Indonésia ou Popocatépetl, no México, além de outros menos conhecidos como o Tungurahua no Equador, e o Pacaya na Guatemala. Algumas companhias de turismo especializadas organizam expediç&&37;es para ver de perto estas potências da natureza.

A Volcano Discovery Tours tem expedições em vários lugares do planeta. Entre suas viagens, uma excursão de 16 dias percorre os principais vulcões da ilha de Java, na Indonésia, parando dois dias no Krakatoa e no Monte Merapi, onde há evidências de sua última erupcão, em 2006, por um preço de cerca de R$ 6,4 mil.

Um mês percorrendo vulcões do mundo em lugares como Havaí, Vanuatu e Nova Zelândia custa cerca de R$ 17 mil. A companhia garante geólogos especializados e todas as medidas de segurança para realizar este tipo de passeio que, afinal de contas, pode ser perigoso sem os cuidados necessários. Outros destinos como o Monte Saint Helen, no estado americano de Washington e o Villarica, no Chile, também podem ser encontrados nos diferentes roteiros.

A empresa italiana Volcano Trek tem expedições ao topo de vulc&A empresa italiana Volcano Trek tem expedições ao topo de vulc&&37;es como o Monte Etna e seus mais de 3,3 mil metros, na Sicília, em um itinerário de um dia percorrendo 11 km em pequenos grupos, a partir de R$ 300. A mesma empresa oferece pacotes de 12 dias conhecendo outros vulcões lendários da Itália: além do Etna, o Vesúvio e o Stromboli.

O vulcanólogo australiano John Seach opera a Volcano Travel, realizando diversos tours anuais para conhecer destinos vulcânicos como Vanuatu, em vulcões como o Yasur e o Ambrym ou o Chaitén, no sul do Chile, que entrou em erupção em 2009.

Em razão dos gases emitidos pelos vulc&Em razão dos gases emitidos pelos vulc&&37;es, aconselha-se a pessoas com asma e outros problemas respiratórios a evitar este tipo de excursão.

veja também