A Páscoa

A VERDADE tem uma força impressionante de ressuscitar, permanecer e prevalecer sobre a mentira.

Fonte: Guiame, Alexandre GregoAtualizado: quinta-feira, 14 de abril de 2022 16:06
(Foto: Bruno van der Kraan / Unsplash)
(Foto: Bruno van der Kraan / Unsplash)

Coelhinho da Páscoa o que trazes para mim? Um ovo? Dois ovos? Três ovos? Talvez esta seja a máxima, a pergunta conhecida em época de Páscoa. Em um mundo de mentiras e de máscaras, viver a ilusão de que um coelho traz ovos talvez exime muitos da responsabilidade de viver uma verdade e pagar o preço por ela. Vamos pensar juntos nisso?

Para os fariseus que acusavam Jesus de ser um mentiroso ou um charlatão, isso era conveniente, porque os mantinha no domínio religioso dando a eles autoridade, lucro, prestígio e temor diante de uma sociedade carente que precisava estar sob a tutela de intermediadores.

A verdade sobre o verdadeiro Messias traria para eles um enorme prejuízo. Pois traria libertação das mentes cativas e colocaria as pessoas em uma condição de livres e não mais sob o domínio deles.

Expor a ideia de que agora eles não seriam mais os controladores religiosos os assustava de tal maneira que manipularam a verdade, dando a ela uma máscara de mentira. E, para sustentar esta manipulação, usaram de seus cargos influentes a ponto de levarem a verdadeira VERDADE à morte, não sabendo eles que a VERDADE tem uma força impressionante de ressuscitar, permanecer e prevalecer sobre a mentira.

Podemos sofrer por nossas convicções, não sofreremos por nossas invenções, pois as invenções desmoronam sob pressão; convicções se mantêm firmes.

E eles mataram Jesus e sepultaram-no, ele MORREU! Suas promessas vazias de que eles iriam desmascarar o charlatão parece que se sustentaram, até que aconteceu algo que eles temiam. A Cruz estava VAZIA, o tumulo estava VAZIO, nenhum túmulo na terra pode detê-Lo. ELE havia RESSUSCITADO!

A mais elaborada mentira tem prazo de validade, as máscaras se sustentam até que a verdade ressuscita e então neste dia ela cai. A mentira apregoada pelos Fariseus e religiosos não conseguiu se sustentar diante da ressureição da verdade, e verdade essa que se permanece firme e crescendo por mais de dois mil anos.

A ressurreição trouxe consigo seus benefícios, nos inseriu na VERDADE e a história de culpa que o homem carregava foi encerrada.

O peso da lei foi removido. (Mateus 11.28-30)

Toda condenação caiu por terra e a sentença de morte foi anulada. (Colossenses 2.14)

Uma porta no céu se abriu e um novo caminho foi aberto. (Hebreus 10:19-22)

O acesso a salvação se tornou real e simples. (João 3.16)

Toda sombra e medo da morte foi dissipado. (1 João 4.18)

E a eternidade tornou-se real. (João 14.1-4)

Sim cremos na RESSURREIÇÃO! E o impacto contínuo de Jesus tem alcançado milhares de pessoas em todas as gerações. Embora invisíveis, eles identificam essa presença como o Senhor Ressuscitado, e as vezes, essa experiência de encontrar Jesus é gentil e intermitente. Às vezes é dramático e muda a vida. Isso nos lembra que a ressurreição de Jesus não é apenas um quebra-cabeça histórico interessante. É uma realidade vital e atual. Traz um conforto maravilhoso, assegurando-nos as verdades cristãs centrais: a morte está morta; Jesus está vivo; Deus é amor. Aleluia!

Vamos anunciar ao mundo que Jesus é o enviado do Pai, que Ele é o cordeiro que tira o pecado do mundo, e que por meio de sua morte e ressurreição hoje temos vida.

A verdade prevaleceu, a verdade não morreu!

Feliz Páscoa!

Deus abençoe!

Alexandre Grego é Pastor, Bacharel em Teologia, Life Coaching, e escritor dos livros “Somos Flechas”, “E Urias?” e “Não existe família perfeita, existe família feliz”. Também é conferencista nas áreas de liderança e casais. Exerce sua atividade pastoral no Ministério Apostólico Koinonia, na cidade de Mogi das Cruzes/SP, é casado com a Pra. Marines Grego.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Não se canse de Deus

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições