MENU

Deus é o nosso galardoador

Receber presentes, receber recompensas é o resultado que nós obtemos quando nos aproximamos de Deus crendo que Ele existe.

fonte: Guiame, Darci Lourenção

Atualizado: Sexta-feira, 10 Janeiro de 2020 as 5:04

(Foto: Erik Reis/Thinkstock)
(Foto: Erik Reis/Thinkstock)

Em Hebreus 11:6 lemos: “(...) porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.”

É fácil para você receber presentes? Receber recompensas? Ou você tem a impressão de que está abusando, explorando ou até mesmo sendo humilhado?

Para você, é mais fácil dar ou receber? Veja, lemos na Palavra de Deus que, “todos quantos se aproximam de Deus devem saber que ele existe.” Deus existe. Deus é poderoso. É fácil dizer isso. E dizer que Deus é justo. E para você, é fácil também?

Quando pensamos em alguns dos atributos de Deus, vamos também nos apercebendo que encontramos algumas dificuldades em equilibrar, em equacionar, o que Ele é com o que somos. Ou com o que vemos que Ele é e pode ser para nós quando começamos a vê-lo como um Deus pessoal, íntimo, um Pai amoroso que se relaciona conosco.

Acredito que foi essa uma das razões de Jesus ter perguntado para os discípulos: “E para vocês, quem sou Eu? Ele foi fechando o zoom no “que sou para o outro e o que sou para você”.

O que os outros são para nós, em nossos relacionamentos afetivos e pessoais, melhora quando nós temos essa dimensão: quem é Deus para mim e quem sou eu para Deus. E, ainda, quem sou eu para mim mesmo.

É importante que nós estejamos vendo a relação que temos com Deus, a relação que temos com o tempo para entendermos se tomamos posse de todos os presentes e dons que Deus tem para nós usufruirmos já ou se vamos jogando para um futuro, que não sabemos quando acontecerá, porque não conseguimos perceber que Ele está construindo em nós uma nova imagem, a imagem de sermos recriados nele.

Pense um minuto em Noé. Ele e sua família entraram na arca, e entraram também todas as espécies de animais que Deus queria preservar. E tudo o mais foi levado pelo dilúvio. Mas a arca um dia parou. Preservou Noé, a sua família e toda as espécies.  Por que e para quê? para um novo tempo, para uma criação. Receber presentes, receber recompensas é o resultado que nós obtemos quando nos aproximamos de Deus crendo que Ele existe.

Preste atenção: se você realmente acredita que Deus é o seu presenteador, então não terá dificuldades em receber nada Dele, ainda que não mereça – e ninguém merece –, pois ele é, por si só, galardoador daqueles que o buscam.

Não se esqueça: o Pai ama você!

Por Darci Lourenção, psicóloga, pastora, coach, escritora e conferencista. Foi Deã e Professora de Aconselhamento Cristão. Autora dos livros “Na intimidade há cura”, “A equação do amor” e “Viva sem compulsão”.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O que você não fez em 2019 e quer fazer em 2020?

veja também