Extraindo os furúnculos emocionais

Existem situações que não são simples espinhas, mas verdadeiros furúnculos porque são muito dolorosas.

Fonte: Guiame, Darci LourençãoAtualizado: sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022 15:29
(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)

Você certamente já ouviu falar em furúnculos. Muitos de nós não sabemos quão desconfortáveis e doloridos essas protuberâncias podem ser até que tenhamos um...  há casos que existem mais que um!

Os furúnculos são infecção de pele, geralmente causada por uma bactéria, que acomete o folículo piloso (pelo), a glândula sebácea (de gordura) e o tecido ao redor. Aí vai formando uma inflamação muito dolorosa, por vezes com pus. Dependendo de qual região do corpo essa infecção está, pior a dor!

Quero, usando esse exemplo, usar algumas comparações com essa enfermidade, uma vez que causam dores muito fortes e dependendo de sua localização em nossa alma nos fazem sofrer por demais.

Temos lutas e guerras para resolver no dia a dia, isso é comum a todos que vivem. Jesus foi tão claro quanto a isso, quando disse: No mundo tereis aflições tende bom ânimo eu venci o mundo. Essas lutas não são furúnculos. São pequenas espinhas apenas a nos incomodar. Ninguém gosta d espinhas, certo? Ah... Também ninguém gosta de lutas. Mas passamos por elas. Fazem parte da nossa vida. Uns têm mais, outros menos.

Mas existem situações que não são simples espinhas, mas verdadeiros furúnculos porque são muito dolorosas. Essas situações difíceis também acontecem na vida de todos, embora muitas vezes, em meio a elas, a gente procure olhar para os outros e imaginar (imaginar, repito) que ninguém passa pelo que estamos passando. Mas, veja. Não existe ninguém nesta Terra que não sofra. Esse é um mundo de aflições porque o pecado do homem atrai a dor e a morte: “Porque o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23a).

Mas o bom de tudo é que podemos reagir. E não simplesmente ficarmos passivos a esses furúnculos. Existem ações que nós, e muitas vezes só nós, podemos ter. A primeira é querer extrair esse furúnculo, ainda que isso possa doer ainda mais do que o deixar ali até que saia (ou se resolva) de alguma forma.

Como faço isso? Identificando a região onde ele está. Esse é o primeiro passo. Expondo aquele furúnculo para tratá-lo e não o esconder. Porém, para isso, precisamos eliminar os focos que produzem dor, tristeza

Então precisamos extirpar esses furúnculos. Os melhores remédios para nossas dores na alma nos foram dados por Jesus e podemos acessá-los em Sua Palavra.

Ele também capacitou pessoas com habilidades para nos auxiliar:

Existem aconselhadores (pessoas de nossa confiança, pastores, sacerdotes...) muito hábeis que podem nos ajudar a “espremer” esses furúnculos. Muitas vezes precisamos identificar a razão deles ou até onde eles estão, porque nossa “visão” não os alcança. E então palavras sábias, calmas, verdades com as quais não sabemos lidar podem nos ajudar muito. Vai doer? Talvez você me pergunte... E te repondo: Sim, sempre dói. Mas depois da dor, vem o alívio e, por fim, a cura. Permita-se compartilhar suas dores (exibir seus furúnculos) e livre-se deles!

“O homem de muitos amigos deve mostrar-se amigável, mas há um amigo mais chegado do que um irmão.” (Provérbios 18:24)

“O coração ansioso deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima.” (Provérbios 12:25)

Deus também nos deixou profissionais hábeis para nos ouvir e orientar. Como psicóloga e terapeuta te garanto que já ajudei a expelir muitos furúnculos emocionais.

A psicologia e as técnicas de terapia precisam ser consideradas pelos que sofrem com dores emocionais e/ou psicológicas. É preciso acabar com preconceitos e usar tudo o que Deus nos disponibiliza. Se o problema existe, por que não buscar ajuda? Angústias, depressão, tristezas, ansiedade (sem falar de inúmeras questões da área de saúde mental, todas sérias e que precisam de ajuda médica, remédios, terapias etc.) são questões são reais! São furúnculos na alma... Portanto, precisam ser tratados.

Existem remédios como a oração ou alguma substância (da natureza ou produzida pelo homem). E elas estão aí para nos beneficiar. Veja o que a Bíblia diz:

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.” (Filipenses 4:6-7)

“E dissera Isaías: Tomem uma pasta de figos, e a ponham como emplastro sobre a chaga; e sarará.” (Isaías 38:21)

Poderíamos falar muito mais sobre isso... Mas fico por aqui. Aconselho você a buscar ajuda – com algum profissional, eventualmente, e com a Bíblia, sempre!

O Pai ama você!

Por Darci Lourenção, psicóloga, pastora, coach, escritora e conferencista. Foi Deã e Professora de Aconselhamento Cristão. Autora dos livros “Na intimidade há cura”, “A equação do amor” e “Viva sem compulsão”.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Entramos na arca para perdermos toda e qualquer referência com o passado

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições