MENU

Amigos, bem vindos à Ceia do Senhor!

Amigos, bem vindos à Ceia do Senhor!

Atualizado: Quinta-feira, 21 Outubro de 2010 as 12:18

"Na Ceia do Senhor celebramos a restauração da nossa amizade com Deus através do que Jesus fez por nós na cruz do calvário. São momentos inesquecíveis de comunhão, de vida e de muita alegria. Celebremos, pois, com júbilo e com fé! " Pr. Eli Fernandes

Amigos, um dia nós aprendemos que Jesus, o Filho de Deus, veio ao mundo e morreu numa cruz, para que nossos pecados fossem perdoados. Aprendemos que Ele nos ama intensamente e que, quando O recebemos, espontaneamente, Ele nos liberta de toda e qualquer condenação, garantindo-nos vida eterna.

Convertidos, temos a certeza da vida eterna; batizados, acessamos a Família de Deus; e, na Ceia do Senhor, temos comunhão com Ele e com nossos irmãos, Sua Família, quando de uma forma viva, recordamos o grandioso fato da cruz. Amigos, nos cultos cantamos com muita alegria! Há júbilo aqui, porque adoramos o Deus VIVO, que morreu, mas ressuscitou, e agora intercede por nós, diante de Deus nos céus!

Amigos, nos cultos oramos com fervor! Falamos com Deus seguros de que Ele nos atende e garante Sua presença nas lides desta vida.

Amigos, nos cultos acompanhamos com toda a atenção e devoção a prédica pastoral, tomando nota da reflexão bíblica, porque um dia aprendemos, com toda a segurança, que a Bíblia é a Palavra de Deus, única regra de fé e de prática, uma carta de amor escrita por Deus, por meio da qual podemos conhecer Sua vontade para nossa existência neste mundo!

Hoje celebraremos a Ceia do Senhor no culto matutino. Olhem ao seu derredor! Vejam a emoção que nos toma o coração! Não somos meros assistentes de um show, mas adoradores emocionados diante do drama da cruz do calvário, demonstração inegável do amor de Jesus por todos nós.

Amigos, a Ceia do Senhor é proclamação e testemunho. Se vocês não conseguirem enxergar o caráter proclamatório da morte de Jesus para a redenção da humanidade perdida em seus pecados, e não puderem perceber em nós o testemunho perene de que a morte e a ressurreição de Jesus trazem-nos esperança e paz, este culto será mudo, silente!

Mas, olhem para nós, adoradores, observem-nos, com o coração aberto, como nos derramamos aos pés do Senhor! Cantem com esta "coletividade adoradora" que testemunha, no culto, o valor extraordinário que Jesus confere à nossa existência.

Que inaudita emoção!!! Mas, como é possível tanta alegria na Ceia, um acontecimento associado à morte do Senhor? Amigos, o gozo indescritível deste evento justifica-se por termos conhecido quem Jesus é, e o quanto Ele se importa com seus seguidores.

Diante da mensagem que este culto encerra, você se percebe perdido no caminho, sem rumo, desconhecendo a vida abundante só encontrada em Jesus? Então, diga-Lhe do profundo de sua alma: "Reconheço que morrestes por mim na cruz, arrependo-me da vida sem o Senhor até agora; mas, convido-Te a que entres e limpes meu coração, perdoando meus pecados, porque hoje eu te aceito como o meu Salvador e meu Senhor. Amém".

Eli Fernandes de Oliveira   é pastor titular da Igreja Batista da Liberdade (SP) desde 1984. É Bacharel em Teologia pelo STBNB; Psicanalista Clínico pela SPOB; Mestre em Teologia e Mestre em Ministério pela Faculdade Teológica da Fé Reformada, São Paulo, e Doutor em Teologia Th.D (cum claude) pela Universidade Cohen, Los Angeles, CA.

Já foi condecorado com Medalha Anchieta, da Câmara Municipal de São Paulo; Prêmio de Personalidade do Ano, pela Academia Paulista Cristã de Letras; Comenda Paul Harris, do Rotary Club e Membro Honorário da Força Aérea Brasileira.

veja também