Honre o seu pai

Deus valoriza valoriza tanto o honrar aos pais que incluiu este princípio nos 10 mandamentos (Êxodo 20:12) e novamente no Novo Testamento.

Fonte: GuiameAtualizado: sábado, 9 de agosto de 2014 17:47
Honre o seu pai
Honre o seu pai

“Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra (Efésios 6:1-3).

Deus valoriza valoriza tanto o honrar aos pais que incluiu este princípio nos 10 mandamentos (Êxodo 20:12) e novamente no Novo Testamento.

Deuteronômio 5:16
“Honra a teu pai e a tua mãe, como o SENHOR teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias [promessa 1] e para que te vá bem na terra que te dá o Senhor teu Deus [promessa 2].”

Honrar
O verbo, honrar, aqui vem da palavra hebraica “hadar”, que também significa glorificar. Este verbo é usado para descrever as relações humanas, pois, honrar e glorificar implicam em obediência, respeito, estima e afeição. O termo glorifica, no hebraico “kabed” tem em sua etimologia o significado de reconhecer o "peso" (importância) de uma pessoa e sua autoridade. A palavra honra também pode ser traduzida por “sustentar”, “pagar a conta”.

Honrar seus pais envolve elevada estima, reverência, respeito apoio e valorização. Isto significa que você estará lá para eles, quando houver a necessidade e que você cuida deles com seu serviço, apoio, dinheiro, visitas e etc. Naquela época em que não havia aposentadoria, os pais envelheciam e precisavam ser sustentados pelos filhos.

Esta geração é marcada pela rebelião aos pais e autoridade e este é um mandamento muito “esquecido” por isso vemos tantas pessoas se dando mal na vida.

Uma das característica daqueles com que têm suas mentes "corrompidas" e daqueles que não agradam a Deus nos últimos dias é a desobediência aos pais (Romanos 1:30; 2 Timóteo 3:2).

Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, (2º Tm 3:2).

Concluímos até aqui que honrar os pais traz bênção para a vida de quem o faz.

Deus transmite a sua benção de Pai para filho. Esta é a ordem no céu: De pai para filho. Este é o processo do agir de Deus.

Como a bênção era passada de pai para filho:
O Filho honrava o pai e este o abençoava, transmitindo a sua benção ou a sua capa, que era todo o crédito que ele havia conquistado diante de Deus.

Era costume os pais pedirem um presente antes de abençoar os filhos.

Antes de abençoar seu filho primogênito, Isaque pediu um guizado.

"E faze-me um guisado saboroso, como eu gosto, e traze-mo, para que eu coma; para que minha alma te abençoe, antes que morra" (Gn 27:4).

O Patriarca iria transferir a “benção” que vinha de Abraão e, de geração em geração era passada de pai para filho.

Isto é, porque o pai, para abençoar os filhos, precisava estar de barriga cheia, alma alegre e espirito cheio da unção.

O filho trazia um presente (Honra) e recebia a unção que estava sobre o pai. Desta forma o pai passava a sua herança espiritual.

Os patriarcas desde de Abraão haviam recebido a “Parnassá” que é a unção de prosperidade e favor de Deus em todos os sentidos.

Para recebe-la, o filho precisava honrar o pai e por isso Isaque pediu um guisado ao filho. Neste caso Jacó se antecipou e recebeu a benção que era para seu irmão Isaú ( 26:9, 10).

Para se ter uma ideia de como a benção faz a diferença na vida de alguém observe que Esaú e sua descendência pereceram, mas Jacó recebeu a benção e sua descendência tornou-se a nação de Israel.

Daí você pode perceber a importância daquele presente (Honra).

A honra é demonstrada com presentes, dádivas, bens e o próprio Deus, como nosso pai pede presentes aos seus filhos como demonstração de honra e glória.

Deus é pai e deseja ser honrado por seus filhos
O filho honra o pai, e o servo o seu senhor; se eu sou pai, onde está a minha honra? E, se eu sou senhor, onde está o meu temor? diz o Senhor dos Exércitos a vós, ó sacerdotes, que desprezais o meu nome. E vós dizeis: Em que nós temos desprezado o teu nome? (Ml 1:6).

Aqui nesta passagem Deus reclama das ofertas que eram oferecidas à Ele.

Deus Pai reclama que seus filhos não lhe honravam com os melhores presentes ou ofertas. Eles ofereciam animais cegos, coxos ou aleijados. Deus Pai quer receber presentes de seus filhos como demonstração de honra, afeto, respeito e glória.

Aqueles que honravam a Deus Pai eram abençoados.

Honrar a Deus e líderes espirituais
No aramaico, o verbo “hadar” é honrar, e sempre significa honrar e glorificar a Deus. “Hadar” honra, como substantivo é aplicado ao um rei e a sua majestade real, honrar ao próprio Deus.

A honra ou presente que o povo trazia para Deus era entregue na mão esquerda do sacerdote e o ofertante apresentava sua oferta (Honra ) e fazia o seu pedido. O sacerdote com a mão direita levantada abençoava-o e Deus realizava o desejo do seu coração.

A honra e a unção:
Saul quando procurou o profeta Samuel levou uma oferta (Honra) por que era costume da é poça. Ninguém podia se aproximar de um profeta sem um presente.

E o moço tornou a responder a Saul, e disse: Eis que ainda se acha na minha mão um quarto de um siclo de prata, o qual darei ao homem de Deus, para que nos mostre o caminho (1 Sm 9:8).

Logo depois que Saul honrou o profeta, este o convidou para sentar a mesa e comer com ele. Depois o unge rei de Israel. Ele cumpriu o mandamento de honrar o pai espiritual e foi promovido de caçador de mulas para rei da nação. Este é um exemplo de como Deus abençoa os que praticam o mandamento de Honrar seu “pais”.

A forma e Deus "passar" a bênção ou unção é de pai para filho e o canal por onde jorra o óleo é a honra.

A história de Elias e Eliseu também nos mostram claramente este principio da honra. Eliseu serviu (Honrou) Elias toda sua vida e quando o profeta vai subir é a hora dele receber a “benção”.

Sucedeu que, havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja porção dobrada de teu espírito sobre mim (2 RS 2:9).

Enquanto Eliseu era abençoado tinha 50 discipulos observando. Talvez você pergunte porque aqueles 50 não se aproximaram para receber também a unção de Elias?

Resposta: Porque eles sabiam que sómente Eliseu tinha méritos, pois deixou tudo o que tinha e serviu o Profeta enquanto este esteve na terra.

Quando você honra seus pais você adquirir méritos para receber a benção ou a unção que está sobre ele.
Depois de saber destas verdades, você está pronto à honrar seus pais?

Então aproveite o dia dos pais e prepare um ‘guisado” ou churrasco e sirva seu pai. Depois que ele tiver satisfeito e contente com você peça para ele te abençoar.

Feliz dia dos pais.

Por Joel Engel

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições