“Israel é nossa pátria desde que Abraão chegou aqui”, diz Netanyahu a líderes cristãos

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, se reuniu com parlamentares de 25 países ligados a uma organização cristã pró-Israel.

fonte: Guiame, com informações do Jerusalem Post

Atualizado: Quarta-feira, 11 Dezembro de 2019 as 1:13

Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu em reunião com membros da Israel Allies Foundation. (Foto: Amos Ben-Gershom/GPO)
Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu em reunião com membros da Israel Allies Foundation. (Foto: Amos Ben-Gershom/GPO)

A amizade entre judeus e cristãos se baseia em valores compartilhados, afirmou o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em uma reunião com parlamentares de 25 países na segunda-feira (9).

“Existem dois tipos de amizades: amizades baseadas em valores e amizades baseadas em interesses. Às vezes eles se sobrepõem. O importante neste grupo é que, antes de tudo, ela se baseia em valores compartilhados”, disse Netanyahu à delegação da Israel Allies Foundation (“Fundação dos Aliados de Israel”) em seu escritório. 

Netanyahu disse aos parlamentares que eles estão do lado da verdade. “Mesmo quando Israel está sendo atacado e difamado, vocês conhecem a verdade. Não há substituto para a verdade ao enfrentar mentiras”, afirmou.

O primeiro-ministro também elogiou o anúncio do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, de que o governo Trump reverteu a política do governo Obama sobre os assentamentos israelenses na chamada Cisjordânia — região bíblica da Judeia e da Samaria.

“Não somos ocupantes em terras estrangeiras. Esta é a nossa pátria desde que Abraão, o Patriarca, chegou aqui há 3.500 anos. A palavra ‘judeu’ vem da ‘Judéia’”, disse Netanyahu.

A delegação da Israel Allies Foundation deu a Netanyahu uma declaração, afirmando que “nunca mais as nações ficarão caladas diante de boicotes contra o povo judeu”. A petição foi uma resposta à decisão do Tribunal de Justiça Europeu de rotular produtos de Jerusalém Oriental, da Cisjordânia e Colinas de Golã como não fabricados em Israel.

Os parlamentares foram a Jerusalém por três dias para participar da conferência anual da Israel Allies Foundation. Entre os participantes estão o ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Julio Borges; a ministra da População da Estônia, Riina Solman; e o presidente eleito da Guatemala, Alejandro Giammattei.

Muitos desses membros do parlamento atuam como líderes da Israel Allies Foundation em seus governos, promovem a legislação pró-Israel e combatem projetos de lei anti-semitas.

A Israel Allies Foundation trabalha com o Congresso dos EUA em todo o mundo para mobilizar apoio religioso a Israel. A maioria de seus participantes são cristãos evangélicos.

veja também