MENU

Israel

Judeu aceita Jesus após ter fé questionada por sua futura esposa cristã

Durante uma viagem, Danny foi surpreendido com perguntas sobre Deus por uma jornalista cristã.

Fonte: Guiame, com informações de One For Israel MinistryAtualizado: segunda-feira, 14 de março de 2022 18:10
 Danny e a jornalista cristã, que lhe apresentou Jesus e se tornou sua esposa. (Foto: YouTube/One for Israel Ministry).
Danny e a jornalista cristã, que lhe apresentou Jesus e se tornou sua esposa. (Foto: YouTube/One for Israel Ministry).

Danny cresceu numa família judia tradicional, seus pais eram muito envolvidos na sinagoga local e ele se orgulhava de sua identidade judaica. Após se formar na universidade, ele se mudou para a cidade de Aspen, nos Estados Unidos, para aproveitar seu hobby favorito: esquiar.

Durante uma temporada de esqui, o judeu conheceu uma jovem cristã, que viajou até a cidade para esquiar. Conversando, a mulher formada em jornalismo, começou a falar sobre sua fé em Deus e contou que era cristã.

Então, Danny disse que era judeo e a cristã passou a fazer diversas perguntas a ele: “"Você acredita em Deus? Como ele é? Ele é pessoal? Ele quer ter um relacionamento com você?”.

O judeu não gostou de ter sua fé questionada e percebeu que pouco sabia sobre Deus. “Como você espera que eu acredite em um Deus cujo nome meu povo foi morto por 2 mil anos?”, respondeu Danny furioso.

Depois de um encontro não muito amigável, os dois jovens seguiram sozinhos na viagem. Porém, as perguntas da cristã ficaram na mente de Danny. 

“Eu sabia que os judeus não acreditam em Jesus. Eu sabia que você não pode ser judeu e acreditar em Jesus. Mas quanto mais ela me pressionava para explicar por que essas coisas são verdadeiras, mais eu percebia que não sabia”, relatou ele em entrevista ao One for Israel Ministry.

Intrigado, o jovem decidiu ler a Bíblia por si mesmo e acabou descobrindo que o Deus da mulher cristã que conheceu era o mesmo Deus dos judeus. Tocado pela Palavra, certo dia ele orou: “Deus, se Jesus é o Messias, e tu queres que eu coloque minha fé nele, então estou disposto a fazer isso; mas só se for verdade”.

Apesar de estar sendo levado pelo Espírito Santo a crer em Jesus, Danny teve receio de ser rejeitado por sua família judia e amigos. Então, Deus falou com ele: “Danny, isso mesmo, a escolha é entre me seguir ou seguir todos os outros”.

No final do verão daquele ano, a jornalista cristã voltou a Aspen com um presente para Danny, um livro intitulado “O que um bom menino judeu como você está fazendo em uma igreja batista do sul?”.

O livro ajudou o judeu a tirar todas as suas dúvidas sobre o Evangelho e o Messias. Ele aprendeu que Cristo era um homem judeu, abordando os problemas do mundo de uma forma judaica. 

Após estudar o Novo Testamento, Danny creu que Jesus era o Messias esperado. Logo, ele contou a sua família sobre sua nova fé, que não aceitou muito bem. 

“Não me fale sobre Jesus. Eu nasci judia e vou morrer judia. Eu não me importo se isso é verdade. Eu nunca vou acreditar em Jesus”

Danny e a jornalista cristã se casaram. Tempos depois, o judeu messiânico levou sua mãe, de 86 anos, a Jesus.



Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições