Ajudante de pedreiro é batizado durante construção de colégio cristão

“Essa construção mudou a minha vida, foi aqui eu aceitei a Jesus”, diz o ajudante de pedreiro Juclei Araújo.

Fonte: Guiame, com informações das Notícias AdventistasAtualizado: sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022 11:39
Juclei Araújo foi o primeiro a ser batizado na construção. (Foto: Notícias Adventistas)
Juclei Araújo foi o primeiro a ser batizado na construção. (Foto: Notícias Adventistas)

A construção do Colégio Adventista de Alagoinhas, na Bahia, se tornou um ponto de pregação do Evangelho e impactou todos os trabalhadores que fizeram parte do projeto.  Dos 74 funcionários, 37 começaram estudos bíblicos e um deles foi batizado.

Juclei Araújo, um ajudante de pedreiro, foi batizado enquanto participava da construção do colégio, depois de ser evangelizado e discipulado por membros da Igreja Adventista. “Sou o primeiro de muitos que virão”, disse ele.

Juclei passou a frequentar a igreja por influência de sua namorada, Janeila Muniz, que hoje é sua esposa. Os dois passaram a ir aos cultos juntos, mas depois de um tempo, o rapaz acabou abandonando a fé. 

Juclei e Janeila estavam vivendo juntos, mas insatisfeitos com sua vida distante de Deus. Certo dia, a esposa de Juclei decidiu entregar a vida a Jesus e retornar para a igreja, mas ele adiou a decisão. 

O ajudante de pedreiro acreditava que teria que se livrar de todos os pecados e vícios antes de ser batizado. Mas com o passar do tempo, ele viu que isso seria impossível. 

Certo dia, Juclei se abriu com Deus e clamou por ajuda. Quando havia se decidido, suas lutas aumentaram — uma delas estava relacionada ao emprego, já que ele teria que trabalhar no sábado, quando acontecem as reuniões da igreja.

Logo surgiu a oportunidade de trabalhar na construção do Colégio Adventista de Alagoinhas, com uma jornada que se encerrava na sexta-feira. Sem pensar duas vezes, ele aceitou a nova oportunidade. Ele então passou a estar disponível para frequentar a igreja aos finais de semana.

Edificando a fé

No novo emprego, Juclei se deparou com uma dinâmica de trabalho diferente: todos os dias, antes de começar a jornada de trabalho, são realizados cultos com louvores e reflexões espirituais. 


Trabalhadores estudam a Bíblia antes do início do expediente. (Foto: Notícias Adventistas)

Além disso, dois jovens vinculados à Missão Calebe, o ministério de jovens da Igreja Adventista, passaram a frequentar a construção com uma missão: estudar a Bíblia com os funcionários durante as manhãs de janeiro.

Enquanto o prédio ia sendo construído, a fé de Juclei foi sendo edificada. Ele firmou sua aliança com Jesus e decidiu pelo batismo, se tornando o primeiro fruto da construção. 

“Eu me sinto muito feliz por ter sido o primeiro a ser batizado aqui no Colégio. Sou o primeiro de muitos que virão. Deus continua trabalhando nos corações de vários colegas aqui, e eles também vão se decidir. Essa construção mudou a minha vida, pois foi aqui eu aceitei a Jesus”, disse ao site de Notícias Adventistas.

O pastor Reginaldo Barros, que atua na região, se alegrou com o testemunho: “Mais do que construir paredes, nós construímos a vida das pessoas, no sentido de que elas precisam ter uma experiência de vida com Jesus.” 

“O batismo de Juclei nos mostra que Deus já começou a fazer grandes milagres através da construção desse Colégio Adventista aqui em Alagoinhas, e eu tenho certeza que Ele ainda fará muito mais”, destacou o pastor. 

Por fim, Reginaldo acredita que a educação promovida pelo Colégio Adventista “vai muito além do ensino: ela salva, transforma e conduz muitos alunos, pais, professores, pedreiros e ajudantes para o Reino de Deus.”

Assista:

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições