Cristãos são chamados a orar na Páscoa por perseguidos, época em que crescem os ataques

Os ataques a cristãos são comuns durante feriados religiosos, como ocorreu agora no Domingo de Ramos numa igreja na Indonésia.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 30 Março de 2021 as 4:26

Um ataque à bomba numa igreja na Indonésia deixou 20 fiéis feridos no Domingo de Ramos. (Foto: Reuters).
Um ataque à bomba numa igreja na Indonésia deixou 20 fiéis feridos no Domingo de Ramos. (Foto: Reuters).

A Release International, uma organização cristã que monitora a perseguição religiosa no mundo, está chamando os cristãos para orar pela proteção dos irmãos em áreas de perseguição neste feriado de Páscoa.

"Por favor, ore pelos cristãos em pontos problemáticos ao redor do mundo. Ore pela proteção de Deus e para que os cristãos continuem a ser corajosos e fiéis em seu testemunho”, disse o CEO da Release, Paul Robinson.

A convocação foi feita depois do ataque à bomba em uma igreja no último domingo (28) na Indonésia (28), que feriu 20 fiéis que saiam de um culto do Domingo de Páscoa, no início da Semana Santa.

Acredita-se que os autores do ataque, um casal recém-casado de 20 poucos anos, são membros do Jemaah Anshorut Daulah (JAD), um grupo radical ligado a outros ataques terroristas na Indonésia.

Os terroristas detonaram uma bomba de panela de pressão nos portões da igreja. Os autores foram as únicas vítimas fatais.

De acordo com a Release International, as datas cristãs, como a Páscoa, são as “favoritas” para ataques violentos a igrejas, enquanto cristãos se reúnem para celebrar a morte e a ressurreição de Jesus.

Em 2017, 49 cristãos foram mortos e mais de 110 ficaram feridos no Egito no bombardeio a duas igrejas também no domingo antes da Páscoa. 

Na Indonésia, essa não é a primeira vez que igrejas foram alvejadas. Em 2018, três igrejas foram alvo de ataques coordenados em Surabaya, Indonésia, quando 28 pessoas morreram e 57 ficaram feridas.

 

veja também