Igreja doa alimentos e ajuda a reformar casas atingidas pelo fogo no Pantanal

O pastor Samuel Santos e membros da Igreja Batista de Poconé arrecadaram e distribuíram mais de 2 toneladas de alimentos às famílias ribeirinhas necessitadas.

Fonte: Guiame, com informações do G1Atualizado: quarta-feira, 9 de setembro de 2020 12:38
Pastor Samuel Santos (blusa xadrez) e outros voluntários visitam famílias ribeirinhas necessitadas para entregar alimentos e materiais para reconstruir as casas. (Foto: Arquivo Pessoal)
Pastor Samuel Santos (blusa xadrez) e outros voluntários visitam famílias ribeirinhas necessitadas para entregar alimentos e materiais para reconstruir as casas. (Foto: Arquivo Pessoal)

Um pastor de Poconé (MT) está mobilizando sua igreja para ajudar comunidades ribeirinhas afetadas pelos incêndios na região do Pantanal, bem como atender a algumas necessidades dos bombeiros, oficiais da Marinha e brigadistas que estão combatendo avanço do fogo.

Com ajuda dos membro da Igreja Batista de Poconé (por ele liderada), o pastor Samuel Santos está arrecadando alimentos, produtos de higiene pessoal e materiais para doar às famílias ribeirinhas que foram prejudicadas pelos incêndios.

A campanha se iniciou no dia 12 de agosto, quando os fiéis aproveitaram as celebrações e eventos da igreja para vender pratos prontos de comida. Todo o dinheiro arrecadado tem sido destinado a pagar os custos da lavanderia, que faz o trabalho completo de lavar, passar e embalar as roupas dos bombeiros, militares e brigadistas ocupados no combate ao avanço do fogo.

“Nós não podemos ir ao Pantanal apagar os focos de incêndio, mas nós podemos fazer alguma outra coisa e assim veio a ideia de lavar as fardas desses combatentes”, afirmou o pastor.

Além dos alimentos e produtos de higiene pessoal, a igreja também está arrecadando doações de materiais para ajudar no conserto das casas das famílias prejudicadas pelos incêndios que já ocorrem há dois meses na região.

O pastor e os membros da igreja estão visitando as famílias e entregando os produtos.

Já foram arrecadadas e distribuídas às famílias, mais de duas toneladas de alimentos. Mas ainda há comunidades necessitadas e o pastor espera poder continuar a ajudar.

“É um momento oportuno, de alegria do nosso coração em poder ser útil em meio a essa situação tão triste. O nosso Pantanal é tão rico e precisamos ajudar”, afirma o pastor.

“Estamos sendo Igreja, sempre relevante, atuando fora das quatro paredes. Por quê? Porque somos uma família para todos”, afirmou o pastor Samuel em um vídeo compartilhado na página da igreja no Facebook.

Siga-nos

Mais do Guiame