Multidão decide se batizar após ver idosa de 90 anos descer às águas, no Paquistão

No Paquistão, país de maioria muçulmana, uma multidão de pessoas foi batizada após uma cruzada evangelística. O momento foi publicado nas redes sociais.

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 17 Outubro de 2019 as 12:23

Batismo de idosa de 90 anos leva multidão a descer às águas, no Paquistão. (Foto: Reprodução/Instagram)
Batismo de idosa de 90 anos leva multidão a descer às águas, no Paquistão. (Foto: Reprodução/Instagram)

O batismo de uma idosa de 90 anos no Paquistão, após uma cruzada evangelística que começou no último sábado (12), levou uma multidão a também se batizar. O momento foi registrado por Cristopher Vergara, mais conhecido como Chileno, que evangeliza países de minoria cristã.

“Nunca é tarde para o batismo! Após a cruzada evangelística no Paquistão, uma idosa com mais de 90 anos se batizou, levando uma multidão a fazer o mesmo por amor a Jesus”, disse Chileno Vergara em sua página no Instagram nesta quarta-feira (16).

Os batismos aconteceram em um pequeno lago a poucos metros de uma mesquita no Paquistão, que é um país oficialmente muçulmano.

“Eles não vão ser batizados porque são perfeitos; eles vão ser batizados porque Cristo é perfeito. Eles só precisavam crer na obra do Cristo. É pela obra do Cristo que eles foram curados, salvos e hoje darão testemunho desse amor eterno. Porque todos eles entenderam que são filhos amados de Deus”, disse Chileno.

Depois de batizar inúmeros paquistaneses, o evangelista celebrou: “Isso se chama graça abundante. Não tem nada a ver conosco. Tem tudo a ver com Ele”.

Assista:

Chileno está à frente do One Passion, um ministério que tem como alvo “alcançar os países perseguidos através de cruzadas evangelísticas”, diz seu site. O ministério também ajuda na plantação de igrejas através de seminários bíblicos.

Vergara, que nasceu no Chile e viveu como missionário no Brasil, disse ainda que o segredo para fazer evangelismo dessa proporção em países onde há perseguição religiosa é a graça de Deus.

“Muito me perguntam: Chileno qual é o segredo? Como essa cruzada pode ser possível? Um muçulmano liberar o terreno, vendendo a colheita para vocês usarem [o terreno] para evangelizar a milhares numa cruzada no Paquistão? A única reposta que existe é: graça, e em muita abundância! Rios dela!”, disse o evangelista.

“Porque o que está acontecendo aqui, muçulmanos sendo curados, outros sendo salvos não tem nada a ver conosco, e tudo a ver com Cristo e sua obra! Está consumado. Agora é só avançar e possuir a terra que Cristo conquistou na cruz. Não merecemos por isso a recebemos. Graça, favor imerecido”, acrescentou.

veja também