Pastor agradece a Deus em vídeo no cativeiro do Boko Haram: “Nunca desanimei”

O pastor nigeriano Lawan Andimi foi sequestrado pelo Boko Haram em 3 de janeiro. Um vídeo mostra seu pedido de ajuda e agradecimento a Deus.

fonte: Guiame, com informações da Portas Abertas

Atualizado: Quarta-feira, 8 Janeiro de 2020 as 11:25

O pastor nigeriano Lawan Andimi foi sequestrado pelo Boko Haram em 3 de janeiro. (Foto: Reprodução)
O pastor nigeriano Lawan Andimi foi sequestrado pelo Boko Haram em 3 de janeiro. (Foto: Reprodução)

Um vídeo que está circulando nas redes sociais oferece prova de vida do pastor nigeriano Lawan Andimi, membro da Associação Cristã da Nigéria (CAN), que foi sequestrado pelo Boko Haram

As imagens foram enviadas por um jornalista conhecido por ter acesso à liderança do grupo terrorista.

No vídeo de seis minutos, o líder da igreja pede às autoridades que garantam sua libertação. Ele foi sequestrado em 3 de janeiro durante um ataque à cidade de Michika, perto da fronteira com Camarões. 

O pastor disse à sua família e colegas: “não chorem, não se preocupem, mas agradeçam a Deus por tudo”.

“Nunca desanimei porque tudo está nas mãos de Deus. Deus, que fez com que eles cuidassem de mim e me deixassem vivo, irá tocá-los. Então, apelo a outros reverendos, particularmente meu presidente, Rev. Joel Billy, que é um forte homem de amor, que faça o possível para falar com nosso governador e outros agentes necessários para minha libertação”, pediu o pastor.

“Pela graça de Deus, estarei junto com minha esposa, filhos e colegas e, se a oportunidade não for concedida, então talvez seja a vontade de Deus. Todos os simpatizantes e colegas devem ser pacientes”, Andimi acrescentou.

O governador do estado de Adamawa, Ahmadu Fintiri, pediu orações por Andimi, dizendo que estava ciente do sequestro do pastor e que simpatiza com o CAN.

“Estamos tristes com esse acontecimento e queremos pedir orações por sua libertação”, disse ele. “Sabemos que não há nada que Deus não possa fazer”.

Assista:

veja também