Pastor se emociona ao ver aldeia com apenas uma Bíblia: “Precisamos investir neles”

O pastor Elias Caetano, presidente da Missão Mãos Estendidas, fala sobre a falta de Bíblias enfrentada por uma comunidade na África.

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 11 Novembro de 2019 as 1:56

 

Uma igreja que foi plantada há três meses em Messica, na província de Manica, em Moçambique, tem apenas uma Bíblia em seu dialeto. A Missão Mãos Estendidas (MME) está incentivando os cristãos brasileiros a ajudar a mudar essa realidade.

Em um vídeo registrado na aldeia, o pastor Elias Caetano, presidente da MME, fala sobre a falta de Bíblias enfrentada pela igreja de Messica. Nas imagens, ele está ao lado de Elias, que tem a única Bíblia no dialeto local.

O pastor Tomé, que lidera a igreja local, usa uma Bíblia em português que foi doada no último seminário realizado pela MME em Moçambique. A organização missionária promove a doação de Bíblias na África há mais de 20 anos.

“Quando você chega em uma aldeia como essa, e você vê a realidade deles, você entende porque precisamos investir neles, abençoar eles com Bíblias”, disse o pastor Elias. “Nós temos tantas Bíblias, tantos recursos para abençoar esse povo. Eu quero, através disso, animar quem está nos vendo para uma realidade”.

Emocionado, o pastor acrescentou: “Isso aqui não é brincadeira. Eu estou emocionado, mas não é para emocionar ninguém, mas sim para gerar transformação de atitude. Transformação de entender que às vezes, um lanche que você paga no Brasil dá para abençoar uma pessoa aqui, como esses  jovens que precisam de Bíblias”.

O pastor Elias observou que, com apenas 8 dólares (equivalente a 33 reais) é possível comprar uma Bíblia para uma comunidade como Messica.

“Eu quero animar seu coração. Vamos abençoar esse povo e ajudá-los para que eles tenham a Palavra de Deus em suas mãos e sejam transformados pelo Evangelho”, concluiu o pastor.

Para saber como contribuir com Bíblias, entre em contato com missionários que estão em campo:

Eliã Marcos Caetano (Segundo Tesoureiro da MME)
WhatsApp: +55 41 9649-2212

veja também