Preso por abrir igrejas no Irã, Pastor Saeed Abedini tem libertação solicitada pelos EUA

O caso da prisão de Abedini se tornou conhecido na igreja internacional, que se engajou em campanhas na internet e orações por ele e sua família.

Fonte: GuiameAtualizado: quarta-feira, 31 de dezembro de 2014 15:16

Os Estados Unidos pediu nesta terça-feira, 30/12, a libertação de cidadãos norte-americanos detidos no Irã.

Preso no Irã há mais de dois anos, o pastor cristão Saeed Abedini, de cidadania iraniano-americana, foi condenado a oito anos de prisão no ano passado, por atentar contra a segurança nacional através da criação de igrejas cristãs entre 2000 e 2005.

O caso da prisão de Abedini se tornou conhecido na igreja internacional, que se engajou em campanhas na internet e orações por ele e sua família.

Além do pastor, a libertação também foi solicitada em favor de outros dois americanos: Jason Rezaian, um iraniano-americano que tem dupla cidadania, ex-chefe da sucursal do Washington Post, e Robert Levinson, um detetive particular e ex-agente do FBI.

Com informações de Charisma News
Traduzido por Luana Novaes - www.guiame.com.br

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições