45 muçulmanos se entregam a Jesus durante evento de evangelismo, em Uganda

O pregador Stephen Waiswa é um ex-muçulmano que estudou no Irã, um dos países islâmicos mais fechados do Oriente Médio.

fonte: Guiame, com informações do UGCN

Atualizado: Quarta-feira, 16 Outubro de 2019 as 2:58

Pastor Stephen Waiswa, dos Ministérios da Evangelização da Bíblia, levando um muçulmano a Cristo. (Foto: Reprodução/UGCN)
Pastor Stephen Waiswa, dos Ministérios da Evangelização da Bíblia, levando um muçulmano a Cristo. (Foto: Reprodução/UGCN)

O fundador dos Ministérios de Evangelização da Bíblia, pastor Stephen Waiswa relatou várias conversões do Islã para o Cristianismo no distrito de Buikwe, em Uganda.

Stephen, que usa debates do Evangelho (mais conhecidos como discussões apologéticas) para compartilhar vários fatos e verdades bíblicas, revelou na sexta-feira (11) que registrou 45 novos convertidos recentemente.

O pregador relatou que os convertidos frequentavam uma “mesquita próxima do local da cruzada”, em Kiyindi, distrito de Buikwe. O evento evangelístico durou cinco dias.

Pregação durante cruzada, no centro de Uganda. (Foto: Reprodução/UGNews)

Apesar da oposição que encontrou, o pastor Stephen Waiswa estipulou anteriormente que ele havia dedicado sua vida a pregar o Evangelho de Jesus Cristo nas comunidades muçulmanas em torno de Uganda.

Ele é um ex-muçulmano que estudou no Irã, um dos países islâmicos mais fortes do Oriente Médio.

"Os muçulmanos estão se convertendo todos os dias! Vamos resolver outras coisas mais tarde, mas o evangelho deve ser pregado", disse o pastor em um comunicado.

Seu anúncio sobre os novos convertidos foi recebido em meio ao júbilo da comunidade cristã e em desaprovação da comunidade muçulmana on-line.

veja também