Com doação de mão de obra e materiais, igreja distribui máscaras e cestas básicas em SC

A Assembleia de Deus em Nova Veneza promove distribuição de máscaras e cestas básicas

fonte: Guiame, com informações do Portal Veneza e Informe Blumenau

Atualizado: Terça-feira, 21 Abril de 2020 as 2:08

Mulheres costuram máscaras para serem doadas em Nova Veneza (SC). (Foto: Reprodução/Portal Veneza)
Mulheres costuram máscaras para serem doadas em Nova Veneza (SC). (Foto: Reprodução/Portal Veneza)

Desde o início da pandemia do novo coronavírus no Brasil, a igreja evangélica Assembleia de Deus de Nova Veneza organizou um grupo de voluntários para ajudar a comunidade.

Além do trabalho de arrecadação e doação de cestas básicas, estão sendo confeccionadas máscaras que são distribuídas gratuitamente aos moradores.

“É uma forma de auxiliar a comunidade neste período de pandemia. Conforme as doações de cestas básicas vão chegando nós fizemos a entrega, e as máscaras distribuímos na última semana 450, de um total produzido até aqui de 4.300 máscaras”, diz o pastor Marcos Rodrigues Silveira, que reforça que “o momento é de proteção”.

Ele explica que para a confecção das máscaras a igreja conta com doações de materiais e mão de obra.

“Alguns doam o tecido, outros são parceiros para o corte, a costura, enfim, com apoio de voluntários da igreja estamos atendendo a comunidade em geral”, acrescenta.

Para o Pastor, o coronavírus deve despertar a solidariedade nas pessoas. “Esse não é um momento de egoísmo, e, sim, de ser solidário. Essa pandemia revela quem é o ser humano. Tem que ser humano, contemplar a necessidade do próximo, ajudar. O trabalho da igreja como ensinou Jesus é amar ao próximo, e a Assembleia de Deus tem feito isso em Nova Veneza”, finaliza Silveira.

Cultos liberados

O governador Carlos Moisés (PSL) anunciou nesta segunda-feira (20), a volta das atividades em igrejas e templos religiosos já a partir desta terça-feira, 21, medida publicada no Diário Oficial.

A medida também vai flexibilizar o retorno das atividades em restaurantes, shopping centers, centros comerciais,  galerias, academias e atividades físicas em espaços públicos ao ar livre a partir de quarta-feira (22).

O retorno deverá respeitar as regulamentações, com a exigência do uso de máscaras e álcool gel, além de evitar aglomeração e guardar espaço de um metro e meio entre as pessoas. Os locais devem limitar a ocupação em 30% do espaço.

veja também