Igreja doa equipamentos para proteção de profissionais de saúde, em Santarém

Os profissionais da UPA também receberam da igreja, cartinhas e chocolates.

fonte: Guiame, com informações do G1 e HMS

Atualizado: Quarta-feira, 15 Abril de 2020 as 11:13

Os EPIs serão usados pelos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do atendimento de casos suspeitos do novo Coronavírus. (Foto: Reprodução/HSM)
Os EPIs serão usados pelos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do atendimento de casos suspeitos do novo Coronavírus. (Foto: Reprodução/HSM)

Em luta contra a pandemia de coronavírus, uma igreja evangélica de Santarém, no oeste do Pará, fez doação de Equipamentos de Proteção Individual (EPI's) para o Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS) e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas.

O esforço, que também contou com doação de empresários e da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), é para ajudar os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19.

Na quinta-feira (9), a contribuição foi de 20 folhas acrílicas para a fabricação de viseiras, 14 metros de napa, que servirão para confecção de capotes, aventais impermeáveis e viseiras.

Chegaram também 1.416 máscaras de TNT que serão repassadas para pacientes e acompanhantes com o intuito da proteção coletiva. O Centro de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital explicou que a distribuição será feita pela equipe de enfermagem, conforme orientação do Ministério da Saúde, sobre o uso de proteção.

“É uma forma de conter o uso de máscaras cirúrgicas que devem ser usadas pelos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem”, disse Odeíse de Matos Seixas, diretora assistencial e multiprofissional do HMS e UPA.

As doações vieram da fábrica de gelo "Beira Rio” e da Igreja Evangélica Ministério Internacional da Restauração de Santarém, Comercial Eldorado, Central das Balas e da Secretaria de Saúde.

Ajuda à sociedade

Varlinda Galdino, apóstola do Ministério Internacional da Restauração, aproveitou para dizer que além das máscaras de TNT, a Igreja presenteou os profissionais da UPA com cartinhas e chocolate. “Eles são essenciais e nesse momento crítico estão ajudando a sociedade com o seu trabalho. Precisam de palavras de fé e motivação. Nossa gratidão e oração por todos que estão nas unidades de saúde”, destacou.

Profissionais de saúde também ganharam chocolate. (Foto: Reprodução/HSM)

A coordenadora da UPA 24 horas, Dulcinéia Portela destaca a gratidão da equipe com a ação. “Nesse momento delicado a solidariedade das pessoas vem nos ajudar como forma de valorização, ressaltando a preocupação com essa equipe” disse.

De acordo com a diretora assistencial do HMS e UPA, há uma grande importância das doações estarem chegando para as duas unidades, principalmente nos setores que atuam diretamente no atendimento de pacientes suspeitos do Covid-19.

“As doações vem suprir a necessidade para a proteção dos profissionais de saúde e ainda proporcionar aos nossos pacientes assistência segura, eficiente e de qualidade. As homenagens são bem-vindas também, ajuda a diminuir a tensão que o trabalho acaba gerando”, concluiu.

veja também