"Deus nos criou para o Céu, mas nossa rebeldia nos condenou ao Inferno", diz pastor

O pastor J.D. Greear confessou que falar sobre o Inferno não é nada agradável, mas é preciso alertar sobre o destino daqueles que não reconhecem o que Jesus fez na cruz.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 24 Março de 2017 as 3:55

Pastor J.D. Greear (Foto: THE SUMMIT CHURCH)
Pastor J.D. Greear (Foto: THE SUMMIT CHURCH)

Um renomado pastor da Carolina do Norte (EUA) compartilhou uma mensagem recentemente para deixar um conceito bem firmado clara: o inferno, e não o céu, é o destino criado por Deus para todos.

Muitas pessoas acreditam que, contanto que você não pratique maldades, enquanto estiver na terra, pode ir para o céu. Mas o Pastor J.D. Greear da Igreja 'Summit' diz que isso não é verdade.

"Deus nos criou para o céu, mas a rebelião da raça humana, na qual todos nós estamos inseridos, nos destinou ao inferno", escreveu ele em um post nesta semana. "O inferno é um lugar eterno de tormento, e todos nós - não importa quem somos - merecemos sofrer a agonia deste lugar".

Este é um assunto que muitos pregadores escolhem evitar, dada a natureza aparentemente extrema do tópico. Kevin Halloran, que trabalha com Recursos de Liderança, acredita que as igrejas tendem a enfatizar o amor de Deus a ponto de negligenciarem Sua santidade e justiça. Além disso, as igrejas parecem "temer o homem mais do que a Deus" e tentam agradar as pessoas com o conteúdo de seus sermões.

De acordo com Centro de Pesquisas 'Pew', 58% dos adultos EUA acreditam no inferno. Entre os cristãos, evangélicos (82%) e historicamente negros (82%) são mais propensos a acreditar no inferno do que o restante dos protestantes (60%).

Greear também não sente prazer em falar sobre o inferno. Durante um sermão em dezembro, ele pregou sobre o livro de Apocalipse e confessou que se sentiu tentado a encerrar sua mensagem depois de descrever o céu e suas maravilhas. Mas ele sabia que não podia deixar de falar sobre o destino dos condenados.

"Nós o ignoramos (inferno) e isto é muito perigoso", disse ele à sua igreja, que tem vários templos em todo o território da Carolina do Norte.

O inferno é descrito na Bíblia como um lugar de fogo, ardente enxofre e morte eterna. Se essas imagens são metafóricas ou não, Greear apontou que "tudo o que a descrição bíblia aponta é para ilustrar o terror que esse local representa".

O pastor de 43 anos, ligado à Convenção Batista do Sul, respondeu algumas perguntas comuns sobre o inferno.

O pastor Joel Osteen confessou que prefere não pregar sobre pecado e inferno em sua igreja. (Foto: Lakewood Church - EUA)

Confira:

É justo ser condenado a uma eternidade no inferno por apenas 70 anos de pecado?

"O pecado ganha a sua maldade por aquele contra quem foi cometido. Se você socar um buraco na parede, você tem que pagar pela parede. Se você socar um cachorro, isso é pior. Se você socar a mulher atrás de você, se você se aproximar da Rainha da Inglaterra com os punhos levantados, algo pior do que a prisão pode acontecer com você. O pecado contra um Deus infinitamente santo é infinitamente perverso".

Por que Deus não permite que os 'pecadores convictos' entrem no Céu?

Citando Apocalipse 22:11, Greear respondeu: "As pessoas na eternidade não mudam. Os que vão para o inferno também não se arrependem, continuam sendo os malfeitores, elas permanecem incrédulas".

"O inferno é uma porta trancada por dentro, sim, eles odeiam o tormento, mas odeiam a autoridade de Deus ainda mais... Uma vez que você atravessar a morte, permanecerá fixo na maneira em que você está, não pode mais se arrepender de seu pecado. E você não iria querer, mesmo se pudesse fazê-lo".

Se Deus permitir que os pecadores que se recusem a se arrepender entrem no Céu, "nós também libertamos os poderes destruidores do inferno".

"O inferno é a fruição natural do nosso pecado, não há outra escolha a não ser ir para o lugar que eles escolheram para si mesmos ... O inferno é o lugar de onde Deus retira Sua mão e permite que você se torne seu pecado".

Por que Deus não faz algo a respeito?

"Ele fez. Ele colocou sobre Jesus o castigo total dos nossos pecados. Ele tomou em cada quilo destes fardos tão pesados, então nada foi deixado para nós".

"Se não recebemos o que ele nos oferece - o dom gratuito da salvação através do sacrifício de Jesus na cruz - então que outra opção Deus teria?"

veja também