Encontraremos Jesus logo após a morte? John Piper responde

Para o teólogo, a Bíblia deixa claro que estaremos com Cristo imediatamente após morrermos.

Fonte: Guiame, com informações de Voltemos ao EvangelhoAtualizado: terça-feira, 31 de maio de 2022 12:55
John Piper diz que a Bíblia deixa claro que estaremos com Jesus logo depois que morrermos. (Foto: YouTube/Desiring God).
John Piper diz que a Bíblia deixa claro que estaremos com Jesus logo depois que morrermos. (Foto: YouTube/Desiring God).

Em seu programa “John Piper Responde”, o teólogo e pastor respondeu uma dúvida de um ouvinte: “Encontraremos Jesus logo após a morte?”.

“É típico ouvir cristãos dizerem de alguém que morreu: ‘Eles estão com Jesus agora’. Mas, em 1 Tessalonicenses 4.16-17, parece que Paulo diz que os cristãos que morreram encontrarão Jesus na Segunda Vinda. Os cristãos vão estar com o Senhor assim que morrerem, ou o encontraremos quando ele voltar à terra?”, perguntou Jonathan.

John Piper afirmou que realmente a passagem de 1 Tessalonicenses 4.16-17 nos dá a impressão de que os crentes que morrem encontrarão Jesus apenas em sua Segunda Vinda, em vez de encontrá-lo imediatamente após a morte.

Porém, segundo Piper, não é esse o significado desta passagem. “Parece ser isso, mas tenho certeza de que não é isso que Paulo quer dizer lá, e vou tentar mostrar por quê”, afirmou.

“Creio que fica claro em duas passagens das Escrituras que Paulo tinha certeza de que, quando ele e outros crentes morressem, eles imediatamente estariam com o Senhor Jesus e o veriam naquele momento”.

Citando o texto de 2 Corintios 5.6-8, o teólogo explica que para Paulo havia apenas duas possibilidades: ou estamos vivos em nosso corpo aqui na terra, ou morremos e estaremos no Céu com o Senhor.

“Paulo não concebia um tempo em que o corpo morre e não estamos em casa com o Senhor. Morrer é perder o corpo temporariamente e ir morar com o Senhor. Morrer e ter a alma na sepultura dormindo até a Segunda Vinda não era uma opção”, ressalta Piper.

Segundo o pastor, Paulo tinha certeza que estava unido com Cristo nesta vida e que nem a morte poderia interromper essa união. 

“E quando ele deixasse seu corpo, quando fosse martirizado, ele iria para algo muito melhor do que a comunhão que ele desfrutou com Cristo aqui”, disse.

Piper explica que a passagem de 1 Tessalonicenses 4.16-17 mostra que na Segunda Vinda, Cristo trará com ele os crentes que já morreram. Suas almas estão com Ele no Céu e seus corpos estão na sepultura.

Quando Paulo diz que “os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro”, ele está se referindo à transformação do corpo mortal em um corpo ressurreto e glorioso, junto com os cristãos vivos que serão arrebatados da terra.

“Antes que haja um glorioso ajuntamento para encontrar o Senhor nos ares, os corpos de todos os crentes que morreram serão ressuscitados dos mortos, serão unidos com suas almas, e então toda a igreja cristã, os vivos e os ressuscitados, juntos encontrarão o Senhor e o receberão para estabelecer seu reino de justiça”, concluiu John Piper.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições