Estrela do TikTok revela que foi liberta das drogas ao encontrar Jesus: “Estava perdida”

Cristina Baker tem testemunhado como superou a automutilação e traumas emocionais através do Evangelho.

Fonte: Guiame, com informações de Fox NewsAtualizado: segunda-feira, 4 de julho de 2022 21:22
Cristina Baker foi resgatada da escuridão por Jesus. (Foto: Instagram/Cristina Baker).
Cristina Baker foi resgatada da escuridão por Jesus. (Foto: Instagram/Cristina Baker).

Durante a pandemia em 2020, Cristina Baker se tornou uma estrela do TikTok, nos Estados Unidos, com seus vídeos de orações rápidas de 60 segundos, que tem alcançado muitas vidas.

O que muitos não sabem, é que a influenciadora, com 1 milhão de seguidores, enfrentou muitas dificuldades antes de ser bênção para seu público, e foi resgatada por Deus de uma vida sombria nas drogas.

Recentemente, ela revelou seu poderoso testemunho no livro "Esperança em 60 segundos: Encontrando o Deus do Impossível".

"Passei por falta de moradia aos 15 anos", disse a tiktoker de 37 anos, à Fox News. "Eu estava morando em uma barraca na praia com meu pai. Passei pela dependência de drogas. Nunca pensei que poderia parar de beber. Fui presa por posse de drogas. Mas acredito que há algo dentro de cada coração que só quer esperança”.

Automutilação

A separação de seus pais na infância desencadeou uma dor emocional muito grande em Cristina. Na adolescência, ela começou a se automutilar e ainda sofreu abuso de seu padrasto.

"Eu estava me cortando porque estava mascarando a dor pelo que passei", disse Baker.

Sem conseguir lidar com a adolescente problemática que ela havia se tornado, sua mãe e o seu padrasto a mandaram embora para morar com o pai.


Aos 15 anos, Cristina era sem-teto e morava com o pai em uma barraca. (Foto: Cortesia de Cristina Baker/Fox News).

Cristina viajou da Bolívia para o Hawaí, onde a família acreditava que seu pai estava morando na época. 

"Eu não via meu pai há quase 10 anos", contou ela. "Chego no aeroporto com uma guitarra elétrica nas costas e uma mochila com a minha vida inteira dentro. Seis horas se passaram e meu pai apareceu. Entrei em sua caminhonete, ele apenas olhou para mim e me disse: 'Eu preciso te dizer uma coisa, eu sou um sem-teto'".

Morando em uma barraca na praia

Aos 15 anos, Baker estava morando com o pai em uma barraca na praia. Após um ano, a menina se mudou para os Estados Unidos para ficar com seus tios.

Passando de casa em casa, nenhum familiar sabia como lidar com a adolescente até que um casal cristão soube de sua história e decidiu ajudar, lhe dando abrigo e amor.

"Eles me levavam à igreja semana após semana", lembrou ela. "Eu não tinha ideia de que Deus estava começando a plantar essas pequenas sementes em meu coração. A intenção deles não era me tornar uma cristã. A intenção deles era garantir que eu experimentasse o amor”.

 Porém, enquanto crescia, Cristina mergulhou nas drogas, buscando anestesiar suas dores. "Comecei a usar ecstasy e drogas realmente pesadas. Cheguei tão perto de ter uma overdose e estar à beira de perder minha vida tantas vezes”, revelou.

O encontro de oração que mudou sua vida

Aos 24 anos, a jovem conheceu um pastor em seu trabalho, que a convidou para ir a um encontro de oração que mudou sua vida.

"Lembro-me de ter entrado na sala e, de repente, as pessoas começaram a colocar as mãos em meus ombros. Achei estranho. Eu certamente nunca experimentei isso antes. O pastor então lê para mim uma passagem da Bíblia e depois diz: 'Você gostaria de receber o Senhor em seu coração?”, relatou Baker.

Tocada pelo Espírito, a jovem se rendeu ao Senhor. "Naquele momento, foi como se o peso que eu carregava por mais de 20 anos da minha vida fosse retirado. Eu me senti livre”, testemunhou ela.

Desejando viver uma mudança em sua vida, Cristina passou por um processo de libertação com Cristo, ficou livre das drogas e foi curada emocionalmente. “Eu senti que Deus estava quebrando as correntes uma a uma”, disse.

“Eu estava perdida. Passei a maior parte da minha vida fazendo coisas horríveis comigo mesmo. Estava fugindo da minha dor. Agora, queria viver o resto dos meus dias contando às pessoas sobre o que Deus havia feito por mim e como ele curou meu coração”.

Hoje, é isso o que Cristina está fazendo em suas redes sociais, testemunhando o poder transformador do Evangelho.

“O Senhor entrou na minha vida e me libertou. Agora, eu só quero compartilhar isso com as pessoas. Encontrei meu caminho”, concluiu.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições