A experiência do inferno não é a mesma para todos que acabam lá, diz o teólogo John Piper

O pastor afirma que existe 'graus de sofrimento no inferno' e que quanto mais tempo alguém rejeitar a bondade de Deus, pior será.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 11 Outubro de 2019 as 10:39

Pastor John Piper, da Desiring God. (Foto: Reprodução/YouTube)
Pastor John Piper, da Desiring God. (Foto: Reprodução/YouTube)

Em um episódio recente de seu popular podcast "Ask Pastor John", o pastor John Piper disse que seria "indizivelmente terrível" para todos no inferno, mas ainda mais para alguns do que para outros.

Ao descrever o inferno, ele disse que era um lugar onde as pessoas não encontravam nenhuma esperança, beleza ou satisfação.

"Será indescritivelmente terrível para todos os que lá vão - apenas indescritivelmente terríveis, sem nenhuma experiência de bem, sem visão de beleza, sem sons agradáveis, sem prazeres corporais, sem apetites gratificados, sem desejos satisfeitos, sem esperanças cumpridas. Isso é todo mundo", disse Piper.

"Mas, embora o inferno seja inútil para todos os incrédulos, será pior para alguns", afirmou.

Piper alegou que havia "graus de sofrimento no inferno" porque alguns pecados eram "mais hediondos, mais destrutivos, mais blasfemos do que outros".

"Não apenas a quantidade de pecados com o tempo piora as coisas, mas também o grau de feiura e horror, hediondeza e blasfêmia também aumenta o sofrimento", disse ele.

Citando Lucas 12:48, que diz que "a quem muito é dado, muito será exigido", ele argumentou que o castigo seria mais severo para aqueles que rejeitam a verdade.

"Quanto mais luz você tem, mais conhecimento você tem, mais verdade você tem, pior é o seu pecado e punição ao rejeitá-lo", disse ele. "Isso está aí nos textos."

Da mesma forma, ele disse que era "mais grave" um pecado rejeitar a "bondade que Deus lhe mostra" ao "dar-lhe muitos prazeres imerecidos nesta vida".

"O pior será o seu castigo no inferno", disse ele.

Piper sugeriu que quanto mais uma pessoa faz isso, mais ela está acumulando raiva por si mesma.

"Em outras palavras, o tempo entra em cena", disse ele.

"Dia após dia após dia, você continua rejeitando luz após luz após luz, bondade após gentileza após gentileza. Quanto mais isso continuar, pior serão as coisas", afirmou.

Embora essa mensagem pudesse enviar pessoas correndo para as colinas, Piper disse que conhecer a verdade sobre o inferno deveria enviá-las "tremendo de alegria à cruz de Jesus e à graça de Deus, que se apega a nós no perdão que a cruz dá "

"Eles nos tornam seriamente vigilantes para não usar mais luz e verdade", disse ele.

"Devemos nos esforçar para que a verdade que vem a nós não venha sem nos humilhar, construindo nossa fé, aumentando nosso amor. Em outras palavras, não desperdice a preciosa luz que Deus lhe dá em sua palavra e em seu mundo", aconselhou.

veja também