Francis Chan aponta chave para aprofundar a vida de oração: “Deseje o que Deus quer”

Segundo o evangelista, os discípulos pediam coisas bem diferentes do que normalmente pedimos. “Devemos orar desejando o que Deus deseja para nós”.

fonte: Guiame, Cris Beloni

Atualizado: Sexta-feira, 23 Abril de 2021 as 3:21

Evangelista Francis Chan em momento de oração. (Foto: Shelley Paulson Photography)
Evangelista Francis Chan em momento de oração. (Foto: Shelley Paulson Photography)

O evangelista e plantador de igrejas, Francis Chan, ensinou através de um de seus vídeos, que foi publicado em dezembro de 2018, pelo canal no YouTube The Gospel Coalition (Coalizão do Evangelho), “como posso melhorar a vida de oração”. 

Ele inicia dizendo que a humildade ajuda no reconhecimento da grandeza de Deus. “Essa é a chave para melhorar sua vida de oração e desenvolver um relacionamento mais profundo e íntimo com Deus. Humilhe-se na presença Dele”, disse.

Ele citou as cenas do livro de Apocalipse, capítulos 4 e 5, onde João tem uma visão ofuscante de uma parte do reino celestial e ele pergunta a Jesus: Ousamos nos aproximar desse trono? “As escrituras dizem que podemos”, afirmou Chan.

Assista em inglês:

Precisamos aprender a orar

“Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” Após citar Romanos 8:26, o pastor apontou para a incapacidade humana de orar como se deve. 

“É isso, não sabemos orar como devemos”, apontou. “Por isso dependemos de Deus e por isso devemos ser humildes. Eu posso orar através do Espírito Santo, e mesmo que isso me pareça loucura, a Bíblia diz que Ele vai me dar as palavras da oração”, continuou. 

Chan explica que a maioria das pessoas não entende isso. “Elas agem como se estivessem fazendo um favor a Deus. Vimos isso quando temos quase que implorar para que venham a uma reunião de oração. Não podemos nos aproximar do trono assim”, alertou.

O evangelista tem advertido sobre a forma errada como as pessoas estão orando, concentrando-se em si mesmas e não na missão de Deus. “Ao se aproximar de Deus em oração, não basta ir e começar a falar. Vá até Ele em silêncio, devagar, tenha cuidado”, explicou. 

“Você ora em busca do Reino? Entende qual é sua missão? Ou está em busca do seu próprio reino e das suas próprias vontades?”, questionou. “Deus quer nos mostrar seu poder, mas sem a oração humilde que é a chave para encontrarmos esse caminho até Ele, não o veremos. Ore por aquilo o que importa a Deus, assim veremos o sobrenatural, como os apóstolos viram”, citou.

“Quando leio sobre a maneira como os discípulos oraram naquela época e como Jesus nos ensinou a orar, percebo que é muito diferente de tudo o que tem sido ensinado”, observou. Eles pediam coisas bem diferentes do que normalmente pedimos. Devemos orar desejando o que Deus deseja para nós”, finaliza.

veja também