“Há uma coroa especial para todos os que amam a vinda de Jesus”, diz Joel Engel

O pastor Joel Engel encerrou a Escola Profética 2020 falando sobre a volta de Jesus e preparando essa geração para os últimos dias.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Domingo, 20 Setembro de 2020 as 5:17

Pastor Joel Engel em ministração na Escola Profética Unção de Elias. (Foto: Ministério Engel)
Pastor Joel Engel em ministração na Escola Profética Unção de Elias. (Foto: Ministério Engel)

Na tarde deste domingo (2), no segundo dia da Escola Profética Unção de Elias, o pastor Joel Engel falou sobre os sinais da volta de Jesus. “Os sinais estão muito claros e precisamos deixar nosso filhos preparados”, alertou.

Com o tema da 9ª edição da Escola Profética, “O calcanhar do Messias”, Engel esclarece que a geração do calcanhar é aquela que verá a volta de Jesus.

Ele lembra que neste domingo, onde celebra-se o fim do Rosh Hashaná, o última shofar da festa é tocado em Israel. Isso também tem relação com o último toque da trombeta, que antecede o arrebatamento dos santos.

“Os judeus estão aguardando a vinda do Messias e sabem que o cenário já está pronto”, observa.

O pastor ensina que o mundo não foi criado para a destruição, mas a serpente lançou uma semente maligna quando enganou Adão e Eva. Engel, no entanto, esclarece que a queda do homem não faz parte do plano perfeito de Deus.

Deus está no controle do sofrimento que acontece no mundo? Para responder a essa pergunta, o pastor explica que há a vontade permissiva e perfeita de Deus. “Existe a vontade permissiva de Deus, quando Ele permite que o homem siga seu próprio desejo, e a vontade perfeita de Deus, quando o homem decide obedecê-lo”, explica Engel. 

O pastor ainda esclarece que é possível compreender a consequência do pecado no mundo através de Gênesis. “Quando Deus deu autoridade para Adão cuidar da terra, o homem estava no comando, debaixo da ordem de Deus. Deus tem toda autoridade, mas entregou o comando a Adão”.

“Quando Adão ouviu a serpente, ele entregou o comando do mundo para Satanás. É por isso que a Bíblia diz que o mundo jaz no maligno”, acrescenta. “Você é responsável por tudo o que está sob o seu comando. Não faça algo errado dizendo que Deus está no comando, pois é você quem está no comando”.

Deus vai ficar de braços cruzados?

Diante da corrupção gerada pela serpente, surge a pergunta: até quando Deus vai ficar de braços cruzados? O pastor lembra que, nos últimos dias, Deus irá manifestar sua justiça sobre as nações e o calcanhar irá pisar na cabeça da serpente.

“A semente do homem se corrompeu, então Deus fez nascer alguém que iria pisar na cabeça do inimigo, e esse alguém é Jesus. Todo aquele que têm Jesus em seu coração, não é mais comandado pela serpente. Jesus trouxe de volta para o homem o comando dado pelo Senhor. O inimigo não vai tomar sua direção, a não ser que você quebre as regras de Deus”, afirma Engel.

Com a palavra de Romanos 16:20, Engel faz um lembrete: “Em breve o Deus da paz esmagará Satanás debaixo dos pés de vocês”.

Engel mostra que Deus deu a Adão o comando do jardim do Éden, onde ele recebeu “plenitude emocional, física, material e espiritual”, mas ele escolheu sair debaixo da autoridade de Deus. 

“Este é o princípio da quebra de autoridade. Por isso Deus não suporta a insubordinação. Esse foi o princípio de todos os demais pecados”, alerta.


Pastor Joel Engel em ministração na Escola Profética Unção de Elias. (Foto: Ministério Engel)

“Quando o homem deixou o governo de Deus, ele passou a dirigir sua própria vida. Mas quando a pessoa aceita Jesus como Senhor, ela reconhece que precisa do governo de Deus”, afirma o pastor.

“Se eu estou debaixo da autoridade de Jesus, estou protegido das trevas. Mas todo aquele que não está em Jesus, está em trevas”, ressalta. “A Bíblia diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. O pagamento do pecado de Adão e Eva foi a morte, e desde então todos nascem condenados”.

Por isso, o pastor Joel Engel faz um convite: “Precisamos aceitar Jesus hoje, porque quando Ele vier, iremos governar com Ele”.

A agenda de Deus

O pastor fez um panorama do roteiro de Deus: “Jesus encarnou e foi crucificado para pagar o preço por nossa salvação. Ele ressuscitou como a primícia de Deus, subiu aos céus e derramou o Espírito Santo em Pentecostes. A partir disso, os apóstolos pregaram o Evangelho e a Igreja se espalhou pelo mundo”. 

“Nos últimos dias, o Anticristo fará uma aliança com muitos e teremos 7 anos de tribulação, sendo os últimos 3 anos e meio de grande tribulação. Jesus voltará sobre as nuvens, ressuscitará os mortos e irá julgar as nações. E então haverá um novo céu e uma nova terra”, acrescenta.

O pastor destaca que a vinda de Jesus “será pessoal, não um sinal”. “A pessoa de Jesus vai descer à terra. Sua vinda será notória e audível, a última trombeta será tocada e todos verão isso. Aqueles que creem em Jesus serão arrebatados e o Senhor voltará com grande poder”.

Ele também afirma que “há uma coroa especial para todos os que amam a Sua vinda” e que “o mundo todo está sendo preparado pelo Senhor para o grande dia”.

Os sinais da volta de Cristo

Jesus apontou os sinais que antecederiam a sua vinda, registrados especialmente em Mateus 24. Entre todos os sinais, Engel chama a atenção para este: “Como foi nos dias de Noé, assim também será na vinda do Filho do homem” (Mateus 24:37).

“Noé andava com Deus e achou graça aos olhos do Senhor, mas a terra estava corrompida. Nestes dias, havia uma corrupção generalizada. Não é isso o que vemos hoje?”, questiona.

Engel aponta as características da geração contaminada pela serpente, lembrando que isso inclui crentes e descrentes:

“Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder” (2 Timóteo 3:1-5).

Engel observa que esta é a geração mais evoluída em termos de tecnologia, economia e conhecimento, mas é também “a geração mais apostatada”. Aqueles que estão em Jesus, porém, são parte da “geração que vai pisar na cabeça do inimigo”, ainda que a serpente esteja corrompendo os homens nestes dias.

“Quando você ouve a palavra de Deus e a cumpre, você está pisando na cabeça da serpente. Quando você faz o bem, você está pisando na cabeça da serpente. Quando você prega o Evangelho, você está pisando na cabeça da serpente”, destaca Joel Engel.

Assista a pregação completa:

veja também