Igreja arrecada US$ 145.000 com venda de pães e bolos para ajudar os ucranianos

O organizador do evento ficou surpreso com a participação de tantas pessoas e revelou que o movimento é o cumprimento de uma profecia.

Fonte: Guiame, com informações de CBN News e NPRAtualizado: segunda-feira, 28 de março de 2022 12:30
Evento para arrecadar fundos aos refugiados ucranianos. (Foto: Reprodução/NPR/Victor Selepina)
Evento para arrecadar fundos aos refugiados ucranianos. (Foto: Reprodução/NPR/Victor Selepina)

No último fim de semana, uma igreja em Nicholasville, Kentucky (EUA), arrecadou 145 mil dólares para os refugiados ucranianos

Conforme a rádio NPR, centenas de pessoas encheram o saguão da Igreja Pentecostal Ucraniana, na manhã do sábado (26). 

“Viemos comprar alguns pães para apoiar os ucranianos e ajudá-los nas questões que estão vivendo agora”, disse o casal Gary e Linda Fleck.

Gary destacou a importância da ajuda aos refugiados e Victor Selepina, organizador do evento, se disse surpreso com a quantidade de pessoas que compareceram. “Honestamente, tem sido ótimo ver as pessoas se unirem assim. É absolutamente incrível”, disse com gratidão.

Profecia sendo cumprida

Muitos membros da Igreja de Nicholasville, como Paul Kononets têm família na Ucrânia.  “Meus tios e primos estão lá. Eles moram na parte ocidental, onde não há muitos ataques, por isso as pessoas estão abrindo suas casas para receber ucranianos do norte e do leste”, contou.

Selepina revelou que anos atrás, a igreja recebeu uma profecia para se preparar a fim de ajudar refugiados: “Foi uma profecia para a nossa igreja e as pessoas aqui sabem disso. E, desde então, estamos nos preparando”.

O dinheiro arrecadado com a venda de pães e bolos será enviado para as igrejas na Ucrânia que possuem vínculos com a igreja em Kentucky. O objetivo é que os cristãos tenham recursos para comprar alimentos e suprimentos para os refugiados.

Igrejas em união

Conforme a CBN News, várias outras organizações nos EUA estão arrecadando fundos para ajudar os ucranianos enquanto lutam contra as forças russas que invadem o país. 

As igrejas estão se transformando em verdadeiros “depósitos de suprimentos” nesse tempo de guerra, em diversos países. 

No Brasil, há um movimento que reúne igrejas de todo o mundo para ajudar os ucranianos neste momento. “São mais de 100 mil igrejas em 108 países, com o desejo de amar e cuidar dessas pessoas”, disse o pastor Elias Dantas conforme já divulgou o Guiame

Os ucranianos que já chegaram ao Brasil podem contar com casa e alimentação, além de roupas, ítens de saúde, recursos para crianças e aulas de português. Além disso, depois dos primeiros cuidados terão oportunidade de trabalhar para providenciar o próprio sustento. 

“Estamos aqui para servir, pois o amor de Jesus nos constrange”, disse o pastor que representa o movimento e transmite o real sentido da Igreja no mundo. 

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições