Mãe desiste de aborto durante procedimento, ao ouvir Deus dizer: “Não é tarde”

Melissa colocou o bebê para adoção e após 18 anos, se reencontrou com o filho.

Fonte: Guiame, com informações de FaithwireAtualizado: segunda-feira, 18 de julho de 2022 17:16
Ao salvar o filho, Melissa colocou o bebê para adoção. (Foto: Reprodução/CBN News).
Ao salvar o filho, Melissa colocou o bebê para adoção. (Foto: Reprodução/CBN News).

Aos 18 anos, Melissa, dos Estados Unidos, descobriu que estava grávida. Solteira e com medo, ela achou que a melhor decisão era abortar seu bebê. Mas, Deus tinha um plano melhor para a mãe, seu filho e um casal desconhecido. 

Melissa chegou na clínica de aborto e foi para a mesa de cirurgia para interromper sua gestação.

Já pronta para o procedimento, o médico chegou na sala, colocou as luvas, sem falar nada para a mulher.

“Ele não me disse o que ia fazer. Ele não me perguntou como eu estava. Ele não me explicou nada sobre o procedimento. Cada emoção negativa que alguém poderia sentir”, lembrou Melissa, em entrevista à CBN News.

O médico estava prestar a começar o aborto, quando algo sobrenatural aconteceu. 

“Assim que suas mãos foram me tocar, sua luva atingiu minha perna esquerda. Ouvi essa voz dizer: 'Não é tarde demais, levante-se’. Eu sei que é o Senhor, 100%. E eu disse: 'Eu não posso fazer isso'. O médico se levanta, revira os olhos, arranca as luvas, sai da sala e me deixa”, relatou a mãe.

Adoção: uma opção melhor


O casal cristão Susan e Jimmy adotaram David. (Foto: Reprodução/CBN News).

Ao salvar seu filho, a assistente social lhe ofereceu a opção de colocar o bebê para adoção. Melissa entendeu que era a melhor decisão.

Enquanto isso, na agência de adoção, o Senhor já havia preparado um casal cristão que esperava para dar um lar amoroso a uma criança.

Susan e Jimmy Scotton haviam perdido dois filhos por problemas de saúde. Depois de passar por tanto sofrimento, o casal escolheu adotar. 

“Houve tantas decepções e o processo foi difícil. Mas eu continuei dizendo: Nós podemos fazer isso. Deus está nos ajudando. Acabei orando para [adotar] uma criança saudável”, disse Susan.

Atendendo à oração dos pais adotivos

Analisando os candidatos à adoção para seu bebê, Melissa encontrou Susan e Jimmy e soube que eles seriam ótimos pais. 

Ela deu à luz a um menino no dia 22 de dezembro de 1993, a mesma data em que Susan perdeu um de seus filhos, sete anos atrás.

“Estou chorando lágrimas de felicidade. Ele é lindo. Ele é simplesmente perfeito”, lembra a mãe adotiva, descrevendo o momento que foi buscar o filho.

“Saímos do hospital, Jimmy e eu juntos, e começa a nevar! Foi uma alegria suprema, foi ‘uau!'”.

Mais tarde, Melissa casou e também formou sua família, sem nunca esquecer do filho que deu para adoção. 

“No fundo eu sabia que tinha feito a coisa certa. Eu sabia que ele estava seguro e sabia que eles estavam dando a ele tudo o que eu não podia”, afirmou ela.

O reencontro com a mãe biológica


Aos 18 anos, David reencontrou sua mãe biológica. (Foto: Reprodução/CBN News).

O menino, chamado de David, cresceu em um lar cristão com todo o amor de seus pais adotivos. Aos 18 anos, ele conheceu sua mãe biológica em um reencontro emocionante.

“Ela tomou uma decisão corajosa e uma decisão corajosa que não foi fácil. Essa foi a razão pela qual estávamos indo para agradecê-la e reafirmar que sua decisão foi a decisão certa”, declarou David.

Hoje, Melissa e o filho (que se formou em Direito) se uniram para promover a causa pró-vida e a adoção.

“Sabendo que para cada 100 abortos há apenas duas adoções facilitadas neste país, realmente tivemos uma oportunidade única de compartilhar a opção de adoção. E acho que esse foi o chamado de Deus para nós. Deus desempenhou um papel em tudo isso”, comentou David.

E a mãe completou: “A mão de Deus esteve nisso desde o início. E Ele me carregou. Ele moldou tudo”.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições