Mais de 50 presos são batizados em penitenciária do Acre

A cerimônia foi realizada em unidade penitenciária de Tarauacá, no interior do estado.

Fonte: Guiame, com informações da AD TarauacáAtualizado: quinta-feira, 10 de março de 2022 14:37
Detentos batizados em presídio no Acre. (Foto: Facebook AD Tarauacá)
Detentos batizados em presídio no Acre. (Foto: Facebook AD Tarauacá)

A Penitenciária Estadual Moacir Prado em Tarauacá, no interior do Acre, foi palco de batismo para 52 detentos, na tarde de sexta-feira (04). A cerimônia foi realizada em uma piscina improvisada no pátio interno do presídio que abriga aproximadamente 700 detentos.

Diversos pastores da Assembleia de Deus, que fazem visitas ao local semanalmente, realizaram a cerimônia. Segundo a Ceimadac – convenção local – detentos que já se converteram a Cristo realizam cultos diariamente dentro do presídio e contribuem com o processo de evangelização.

“Estamos fazendo o que o Senhor nos mandou, levando a palavra de amor, misericórdia, perdão e principalmente ressocialização, mostrando para os internos que existe um Deus que os ama e que pode reescrever as suas histórias”, disse o pastor Jucirlandio Francelino, presidente da Igreja Assembleia de Deus, que conduziu a cerimônia na penitenciária.

Preso sendo batizado em presídio no Acre. (Foto: Facebook AD Tarauacá)

Dentre os batizados estão homens que cometeram diversos delitos, mas desejam viver uma vida diferente. “Encontraram a fé”, destaca um ex-detento que representa a igreja no presídio.

O pastor José Acirlenildo, que também participou da cerimônia, falou sobre o significado do batismo e comentou o que é nascer de novo. “O Evangelho proporciona a mudança no coração e no comportamento destes homens”, afirmou.

“O ato do batismo simboliza que a pessoa passa a fazer parte do corpo de Cristo. Quando alguém é batizado, ele deixa o homem velho e se torna uma pessoa renovada”, explicou o pastor.

A cerimônia contou com a presença de detentos já batizados, policiais penais, além da cúpula da Direção da Unidade Penitenciária e outros observadores, que lotaram o pátio destinado ao banho de sol onde ocorreu o batismo. Muitos se emocionaram durante os louvores.

‘Nova família’

“Agora eles têm uma nova família, que é a igreja, que os abraça, numa sociedade onde sofrem preconceito”, ressalta Hilton, que também enfatizou os bons resultados com os participantes do projeto. “A grande maioria muda de vida sim, percebemos que Deus toca o coração deles”.

Preso aguardando batismo em presídio no Acre. (Foto: Facebook AD Tarauacá)

O pastor Jucirlandio destacou a parceria realizada entre a Igreja Assembleia de Deus e a Direção da Unidade Penitenciária, que tem aberto as portas da unidade para o evangelismo, o que, segundo ele, tem gerado mudança de comportamento e contribuído para a ressocialização de muitos detentos.

“Queremos registrar os nossos mais sinceros agradecimentos ao Diretor Claudecir e toda sua equipe, por ter nos oportunizado esse momento ímpar na história da igreja e da unidade penitenciária, que resultou no batismo de mais de 50 reeducandos, que buscam a mudança de vida através do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. Recebam nossos mais sinceros votos de gratidão”. Finalizou o pastor.

Após o batismo, os batizados participaram da primeira Ceia.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições