“Não comprometa suas crenças”, diz Mike Pompeo a universitários sobre liberdade religiosa

O político ressaltou que há uma ameaça crescente contra a liberdade religiosa nos Estados Unidos.

fonte: Guiame, com informações de Christian Post

Atualizado: Segunda-feira, 10 Maio de 2021 as 2:19

O ex-secretário de Estado Mike Pompeo fala na cerimônia de formatura virtual da Regent University of Virginia Beach, Virginia, no sábado, 8 de maio de 2021. (Foto: Regent.edu)
O ex-secretário de Estado Mike Pompeo fala na cerimônia de formatura virtual da Regent University of Virginia Beach, Virginia, no sábado, 8 de maio de 2021. (Foto: Regent.edu)

O ex-secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, alertou os graduados da Regent University a não comprometerem suas crenças, mesmo quando há uma desconexão entre ser "um bom cristão" e "um bom americano".

O discurso de formatura feito por ele, na capela Shaw do campus de Virginia Beach, na Virginia, EUA, foi dirigido para uma audiência virtual de aproximadamente 2.400 formandos, supostamente a maior turma de formandos da história da Regent.

Sobre a liberdade religiosa

Durante seus comentários, Pompeo disse aos formandos que acredita que a liberdade religiosa, especialmente para os seguidores de Cristo, está sob ataque nos Estados Unidos.

“Cada vez mais, ser um bom seguidor de Cristo está se tornando menos sinônimo de ser um bom americano, embora você conheça a história. A fundação do nosso país está profundamente enraizada em valores judaico-cristãos ”, lembrou.

“Você precisará da força de Cristo em você para atingir seus objetivos e viver em um país onde possa exercer seu direito de adorar a Deus como achar melhor. Há uma ameaça crescente bem aqui, bem no nosso quintal”, acrescentou. 

“Nenhuma sociedade pode manter sua legitimidade ou um caráter virtuoso sem liberdade religiosa. Preocupo-me com o fato de que, muito além das linhas de batalha de defesa, política econômica ou comercial, a batalha para impedir o divórcio da América de seus valores fundadores seja muito mais importante”, continuou.

Pompeo argumentou contra a tentativa de encontrar um "meio-termo" com os hostis ao cristianismo conservador ou "dividir a diferença" com os inimigos ideológicos. “Não há país que negue a liberdade religiosa, que possa alegar ser bom de alguma outra forma”, seguiu com seu discurso. 

“Os cristãos nos Estados Unidos devem exercer sua liberdade religiosa com ‘enorme vigor’. Devemos defender nosso direito aqui em casa. O esforço para minar nosso direito de praticar nossa fé está na ponta da lança ateísta”, revelou.

Sobre a cerimônia de formatura

Embora virtual, a cerimônia incluiu alguns procedimentos presenciais, incluindo o canto do hino nacional, a apresentação das cores pelos reservistas da Marinha dos Estados Unidos, um lançamento de balão e o fundador e chanceler, Pat Robertson, dando um comando para a classe.

“Haverá momentos em que você terá uma base, outros momentos em que parecerá que sua vida não vale nada. Haverá momentos em que você parecerá um fracasso”, disse Robertson. “Quero lembrar a vocês, agora mesmo, as palavras do apóstolo Paulo: Posso todas as coisas naquele que me fortalece”, citou

“Paulo também disse que sabia ser abundante em tudo. Portanto, seja humilde e abundante, não importa como sua vida esteja, eu quero fortalecer você nesse pensamento: Você pode fazer todas as coisas em Cristo que te fortalece”, afirmou.

Sobre o governo Biden

No mês passado, Pompeo disse ao The Christian Post, durante uma entrevista, que ele acreditava que o governo Biden não estava priorizando as questões de liberdade religiosa, enfatizando que eles repudiaram seu trabalho.

“Por quatro anos, o governo Trump e o Departamento de Estado, enquanto eu era líder, deram grande valor ao trabalho em todo o mundo para promover a liberdade religiosa”, disse.

“Achamos que a liberdade importa como um direito independente, mas também sabemos que em nações onde a liberdade religiosa é expandida, o povo costuma ser mais próspero e as pessoas se sentem mais protegidas pelo governo”, concluiu. 

veja também