“O Brasil só poderá ser transformado se Deus governar o país”, diz pastor da Coreia do Sul

O pastor sul-coreano Min Chul Lim destacou a palavra de Deus como esperança para o Brasil, na Expo Cristã 2018.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Segunda-feira, 1 Outubro de 2018 as 5:14

O pastor sul-coreano Min Chul Lim ministrou na abertura da Expo Cristã em São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)
O pastor sul-coreano Min Chul Lim ministrou na abertura da Expo Cristã em São Paulo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

A abertura da 14ª edição da Expo Cristã na última quinta-feira (27), em São Paulo, contou com a participação do pastor sul-coreano Min Chul Lim, que trouxe uma mensagem de esperança ao Brasil em meio às discussões políticas.

“O Brasil não tem problemas singulares. Não é só o Brasil que está corrompido e passando por dificuldades. A Coreia do Sul, país onde eu vivo, também está corrompida”, disse ele a centenas de pastores e líderes presentes no Café de Pastores.

“Por mais que a política possa se corromper, por mais que existam diversos problemas, se Deus governar esse país, eu creio que o Brasil será uma nação muito feliz”, acrescentou Lim.

“O que nós precisamos não é de política, não é de economia. Nós não estamos passando fome, não estamos em épocas em que há sede. A Bíblia diz que chegaria um momento em que a Palavra de Deus estaria escassa. Eu creio que estamos passando essas épocas”, observou o pastor.

Lim também destacou que “o Brasil não poderá ser transformado por nenhum presidente. Deus tem que governar esse país”.


O pastor sul-coreano Min Chul Lim ministrou na abertura da Expo Cristã em São Paulo. (Foto: Divulgação)

“Eu creio que há esperança para o Brasil, porque as mãos de vocês carregam uma Bíblia”, afirmou o coreano ao público do evento. “Se vocês lerem e aceitarem as palavras de Deus, eu tenho certeza que essas palavras conduzirão o Brasil”.

O pastor sul-coreano também falou sobre o retorno de Jesus Cristo, com base no trecho de Mateus 7:21, que diz: “Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus”.

“Muitas pessoas clamam ao Senhor, mas Jesus diz que são poucos irão para o Reino dos céus. Naquele dia, dois estarão dormindo, uma pessoa subirá e a outra ficará. Hoje nós estamos reunidos em nome de Deus, e quão bom seria se todos nós pudéssemos nos apresentar diante de Deus. Mas conforme a Bíblia, que diz que um fica e outro vai, esse lugar de tanto regozijo para nós pode ser o começo de um passo diferente”, declarou.

veja também