Pastor aconselha jovens a perdoar pais ausentes e negligentes: ‘Deus quer te curar’

David Marvin lembrou que o perdão de Deus é para todos, não apenas para nós mesmos.

Fonte: Guiame, com informações do The Christian Post Atualizado: quarta-feira, 22 de junho de 2022 15:16
David Marvin lembrou que o perdão de Deus é para todos, não apenas para nós mesmos. (Foto: YouTube/The Porch).
David Marvin lembrou que o perdão de Deus é para todos, não apenas para nós mesmos. (Foto: YouTube/The Porch).

Enquanto os americanos se preparavam para celebrar o Dia dos Pais, comemorado em 19 de junho nos Estados Unidos, o pastor David Marvin incentivou os jovens a perdoar os pais ausentes e negligentes.

O líder do ministério de jovens adultos da Watermark Community Church em Dallas, no Texas, ministrou a mensagem "Como perdoar" à juventude reunida na igreja, no dia 14 de junho.

“Os cristãos não são chamados apenas para ter o título de cristãos, mas o estilo de vida dos cristãos. E Jesus repetidamente disse: 'Se você me seguir, perdoará as pessoas'. E eu sei que nesta sala que há muita dor", introduziu David.

"Quando mencionamos o Dia dos Pais, não é um dia de celebração. É um dia que lembra o que você não teve ou o pai terrível que você teve. Deus quer que você experimente a cura, que acontece quando você decide perdoar, e é por isso que Ele ordena repetidamente".

O pastor, que tem mestrado em estudos bíblicos, observou que ainda há muita desinformação sobre o perdão e muitos não sabem quais os passos necessários para perdoar.

“Perdoar não é esquecer”, esclareceu Marvin. "No máximo, você tem que se lembrar para perdoar alguém. Perdoar não é fingir 'cara, não foi grande coisa quando eles abusaram de mim'. Isso foi uma grande coisa. Mas você ainda é chamado a perdoar".

O líder afirmou que perdoar não é minimizar o erro do outro. “O pecado que aconteceu contra você foi tão grande que Jesus teve que vir na cruz e morrer. O perdão não é a restauração de um relacionamento. Em outras palavras, você pode perdoar alguém, o que não significa que se tornarão melhores amigos. Mas é uma ordem”.

Passos para liberar perdão

David ensinou os passos para liberar perdão aos pais que causaram danos aos filhos. O primeiro é identificar o que precisa ser perdoado.

"É uma coisa muito difícil perdoar, liberar aquela dívida que foi criada se eu não sei o que foi tirado. Em outras palavras, eu não posso te perdoar pelo que você roubou da minha casa, se eu não souber o que você roubou”, explicou ele.

Segundo o pastor, muitos nunca processaram o que os outros lhe fizeram de mal, criando um bloqueio no processo de perdão.

“Toda vez que alguém te machucou, pecou contra você, negligenciou, abandonou, abusou; há o que aconteceu, depois há o impacto que teve e o que foi levado", disse David.

"O que quero dizer com isso? Toda vez que alguém pecou contra você, há uma dívida que é criada. E parte da maneira que perdoamos é olhando nos olhos e dizendo: 'Isto é o que foi tirado e eu não vou mais usar isso contra você'".

Marvin citou sua própria história como exemplo. O líder contou que guardava rancor do pai por ter sido ausente.

“Percebi que estava carregando uma grande dor”, revelou. Então, anos atrás, David começou a escrever um diário para citar tudo o que seu pai "tirou" dele enquanto crescia. 

"Você tirou de mim ter um pai em casa. Você tirou de mim ter um pai aparecendo em eventos esportivos. Você tirou de mim a capacidade de ver como deveria ser o projeto de Deus para o casamento” escreveu ele.

Entregando a dívida para Deus

O segundo passo para liberar perdão aos pais é soltar a dívida e entregá-la para Deus, que segundo o líder, é o mais difícil.

"Talvez tenha sido o fato de você ter crescido em um lar desfeito como eu, e isso levou a alguma ruptura em sua vida, isso não é sua culpa e você não pediu por isso", pontuou Marvin. 

"Mas se você vai perdoar e experimentar a cura, você precisa tomar a decisão: 'Vou identificar o que foi tirado, porque não posso liberar essa dívida se não souber o que é".

O pastor ensinou que perdoar é um ato de fé e alertou o que significa para o cristão escolher não perdoar.

"Dizer a Deus 'estou escolhendo não perdoar essa pessoa' é dizer 'o tormento eterno do inferno não é suficiente para a dor que eles criaram'. Ou se eles são crentes, está dizendo a Deus: 'a morte de seu único Filho Jesus na cruz, não é suficiente para mim. E eles precisam pagar. Posso fazê-los pagar pela maneira como os trato, ou pela maneira como os evito, ou pela maneira como me recuso a perdoá-los'", disse Marvin.

David lembrou que o perdão de Deus é para todos, não apenas para nós mesmos. “Perdoamos porque fomos perdoados. A graça de Deus e seu perdão não flui apenas para nós. É para fluir através de nós e como interagimos com outras pessoas".

Perdoar todos os dias

O último passo no processo do perdão é escolher perdoar diariamente, de acordo com o líder. 

"O perdão é um medicamento que você terá que tomar pelo resto da vida", disse Marvin. “Se apegar a essa amargura vai ajudá-lo? Jesus diz: 'Não'. Vai machucar você e seu futuro”.



Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições