Pastor Lucinho fala como o conflito Ucrânia-Rússia pode afetar os cristãos

Ele lembra que as “guerras e os rumores de guerras” são sinais do fim dos tempos e isso todo cristão sabe. ‘Fico mais preocupado com alguém que vem trazer paz do que com quem traz a guerra’.

Fonte: Guiame, Cris BeloniAtualizado: segunda-feira, 7 de fevereiro de 2022 17:41
Pastor Lucinho Barreto. (Foto: Captura de tela/YouTube prlucinho)
Pastor Lucinho Barreto. (Foto: Captura de tela/YouTube prlucinho)

Em suas redes sociais, o pastor Lucinho Barreto, da Igreja Batista da Lagoinha, falou sobre o atual conflito entre Ucrânia e Rússia. 

“Sabemos que o mundo está apreensivo porque, a qualquer hora, o Vladimir Putin pode invadir a Ucrânia e isso terá consequências mundiais”, disse.

“Mas a Bíblia diz que haveria guerras e rumores de guerras. Então, o cristão tem que saber que ‘nós fomos avisados’. Além disso, o cristão tem poder para mudar eventos mundiais através da oração”, continuou. 

‘Prenúncio de algo apocalíptico’

Lucinho disse que as guerras e os rumores de guerra podem ser o prenúncio de algo apocalíptico. “Hoje, eu fico muito mais preocupado com alguém que vem trazer paz do que com alguém que vem trazer a guerra”, compartilhou. 

“O Anticristo vai ser um ‘boca de veludo’, um doce, um cara suave. A Bíblia diz que quando andarem dizendo ‘paz e segurança’, então virá repentina destruição. Esse cenário caótico de pandemia e guerra é o cenário ideal para a chegada do Anticristo com seu falso conserto”, acredita Lucinho.

Assista:

‘Precisamos orar’

O pastor enfatizou também sobre a necessidade de orar, mesmo que o que esteja acontecendo esteja longe de nós. “Se acontecer uma guerra lá [Ucrânia] vai afetar a gente aqui, como se a guerra fosse dentro do Brasil. O mundo, hoje, é uma pequena aldeia, e tudo afeta todo mundo”, frisou.

“Pai, não deixe ninguém com medo ou apreensivo. Que a gente ore para que a Rússia não invada a Ucrânia. E, se isso acontecer, seja a tua mão sobre essa situação. Oramos porque sabemos que a nossa oração tem poder”, orou e concluiu.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições