“Precisamos nos parecer mais com Jesus”, diz pastor sobre preparação para volta de Cristo

Antônio Júnior ministrou no evento “Sinais do Tempos”, realizado pela YAH Church em São Paulo.

fonte: Guiame

Atualizado: Quinta-feira, 17 Setembro de 2020 as 11:24

Pr. Antônio Júnior prega no evento “Sinais dos Tempos”, em São Paulo. (Foto: Reprodução / YAH Church)
Pr. Antônio Júnior prega no evento “Sinais dos Tempos”, em São Paulo. (Foto: Reprodução / YAH Church)

Em sua participação no evento Sinais dos tempos, realizado pela YAH Church, liderada pelo Pr. Lamartine Posella em São Paulo, o Pr. Antônio Júnior ministrou sobre "Como se preparar para a volta de Jesus". Ele fez um breve relato sobre o cenário dos tempos finais, conforme descritos na Bíblia.

“A conclusão que a gente tem que chegar é que ao mesmo tempo em que o mal vai crescer os filhos de Deus também vão crescer na ousadia, na santidade e vão assumir o chamado de Deus. Vai haver essa disputa”, disse.

O pastor disse que precisamos ter essa expectativa entendendo que Deus vai avivar o seu povo. “Quem está sujo vai se sujar mais, quem está com Deus vai ficar mais crente ainda, mais firme com o Senhor”, disse.

Ele afirma que as pessoas vão perceber a diferença entre quem serve a Deus e quem não o serve. “É só você ver na internet, na TV, os escândalos no meio cristão. É vergonhoso o que está acontecendo, mas ao mesmo tempo é o cumprimento da palavra. Vai chegar um tempo em que as coisas erradas, as escondidas, virão à tona”, afirmou.

O pastor disse que estas situações prenunciam um avivamento aqui, assim como já tem acontecido em tantos lugares onde não havia nada do Evangelho, mas ao mesmo tempo vai vir uma perseguição. “O bem e o mal estarão juntos até o fim”, disse, lembrando a parábola do Joio e do Trigo contada por Jesus.

“Não podemos nos iludir, o mal vai crescer e principalmente contra aqueles que não se submetem às coisas do mundo. Aqueles que querem andar com Deus, mas o Senhor é por nós até o fim”, afirmou.

Antônio Júnior disse que os cristãos precisam perguntar para Deus “O que o Senhor espera de mim? Como eu posso estar preparado para o que está por vir?”.

Conselhos bíblicos

Para que as pessoas entendessem como se preparar para esses dias, o pastor fez um panorama da Bíblia começando em Gênesis Capítulo 1:26,27, onde Deus declara que fez o homem com o propósito de ser Sua imagem e semelhança.

“O propósito de Deus para sua vida está nesses dois versículos. O propósito de Deus é que a gente seja a sua imagem e a sua semelhança. Não que a gente vai ser Deus. Nós não somos Deus, e muito menos semideuses. Deus é infinitamente maior do que nós, Deus é muito mais complexo e nós só existimos por causa Dele”, disse.

Ele explicou que “somos parecidos com Deus porque temos a capacidade de pensar, de raciocinar diferente de um animal que age por instinto, temos a capacidade de escolher aquilo que a gente quer para nossa vida, podemos ter sentimentos de amor, tristeza, alegria, assim como Deus. Temos também a capacidade de criar e de governar”.

Ele disse que Jesus veio restaurar esse propósito após Adão e Eva terem desobedecido a Deus e pecado. O pastor disse que esse fato não fez com que o homem deixasse de ser imagem e semelhança de Deus, mostrando essa condição descrita em Gênesis 9:6 e em Tiago 3:9,10.

Por Jesus ser a imagem perfeita de Deus, o pastor disse que aquele que diz que estar com Ele deve andar como Ele andou. Jesus enviou o Espírito Santo sobre os apóstolos e começou a igreja com os milagres, o avivamento e a perseguição. Por causa do Espírito Santo as pessoas puderam se santificar e esse deve ser o comportamento dos cristãos.

“Você tem que deixar Jesus entrar em sua vida e depois que o Espírito Santo governe a sua história”, avisou. “Perdoar, não guardar mágoas, não ter inveja, ciúmes e outras coisas. Ser um com Jesus. Demonstrar amor e ter o coração e santidade parecidos com Ele para fazer parte daqueles que vão se encontrar com o Noivo”, disse.

“Nós precisamos nos aprontar, ficarmos preparados para nos encontrarmos com o Senhor Jesus estando mais parecidos com Jesus”, disse.

Assista:

veja também