Psicólogo diz que descobertas científicas sobre saúde emocional se harmonizam com a Bíblia

Jonatas Leonio fala sobre dez atitudes bíblicas que garantem um estilo de vida saudável. “Negligenciamos o básico”, apontou.

Fonte: Guiame, Cris BeloniAtualizado: segunda-feira, 24 de janeiro de 2022 12:08
Dr. Jonatas Leonio, psicólogo cristão. (Foto: Captura de tela/YouTube JesusCopy)
Dr. Jonatas Leonio, psicólogo cristão. (Foto: Captura de tela/YouTube JesusCopy)

Em entrevista ao Douglas Gonçalves do JesusCopy, no quadro DivinaMente, o psicólogo Jonatas Leonio fala sobre várias iniciativas que podem ajudar na saúde emocional e que estão relacionadas com o estilo de vida apresentado pela Bíblia. 

Segundo ele, o que a Palavra apresenta sobre o paraíso dos primeiros tempos, conhecido como jardim do Éden, dá indícios sobre um estilo de vida capaz de ajudar a humanidade a ser mais saudável. 

As dicas dadas pelo psicólogo são chamadas por ele de “passos de volta ao paraíso”. Leonio enfatizou que “devemos cooperar com Deus e criar saúde” porque “nosso estilo de vida atual produz doenças", disse.

O processo criativo de Deus e a Ciência

Em primeiro lugar, o psicólogo aponta para a Criação de Deus relacionando a água como o primeiro ingrediente para uma vida saudável. “A Ciência descobriu que as pessoas que bebem água em quantidade suficiente têm um humor melhor”, disse. 

“A gente se perde por negligenciar o básico”, continuou. “Em segundo lugar, Deus disse ‘Haja luz’. E a Ciência ‘descobriu’ que o ser humano precisa de luz para a produção de melatonina — hormônio relacionado à regeneração cerebral — que gera serotonina, hormônio da felicidade”, explicou. 

“A saúde clama por luz”, destacou. Em terceiro lugar, o psicólogo diz que Deus plantou um jardim porque precisamos da “vitamina N”, ou seja, da Natureza. “Precisamos sair um pouco da tecnologia para contemplar a natureza de Deus. 

“Quem descobre sua vocação tem saúde emocional”

Em quarto lugar nos conselhos para obter uma vida saudável, o psicólogo destaca a "alimentação ordenada”. Ele aponta para a necessidade de frutas, verduras, legumes, depois os peixes, aves e mamíferos. 

A alimentação que segue esse caminho nos leva para a saúde, segundo o psicólogo e se encaixa perfeitamente com as descobertas científicas atuais. “Em quinto lugar, Deus criou Adão e o deixou sozinho para autoconhecimento e esse é um pilar muito importante, é preciso gostar de si mesmo”, destacou. 

“Em sexto lugar Deus dá a Adão o trabalho, ou seja, uma função e uma vocação. Quem descobre a sua vocação tem saúde emocional”, relacionou. 

O descanso é uma necessidade

Apesar de ser vital, o psicólogo alertou que o trabalho não deve ser exercido de forma exagerada. “Por isso, em sétimo lugar, Deus determinou o descanso. Todo ser humano precisa descansar para ter saúde”, disse.

Quem não descansa, nunca vai ter saúde emocional”, disse o psicólogo ao citar um conselho médico “secular e científico”, mas que já estava na palavra de Deus antes que o homem chamasse de “descoberta”. 

Em oitavo lugar, vem o relacionamento conjugal. “A inteligência emocional é conhecer as suas emoções, as emoções do outro e saber lidar com elas. Essa é uma necessidade básica e um passo para ter saúde emocional”, mencionou. 

‘Relacionamento com Deus gera saúde’

Conforme o psicólogo, em nono lugar está um dos pontos mais importantes para a saúde humana: “É o relacionamento com Deus e Ele nos criou para isso. Esse relacionamento fará com que tudo funcione bem e de forma saudável”, lembrou.

Por último, em décimo lugar, Deus criou a “serpente” para que tivéssemos a oportunidade de escolher Jesus. “Quem é a verdade e quais são as vozes que governam você? A serpente chega com ideias diferentes das de Deus”, Leonio especificou. 

“É necessário estar ciente de que há uma mentira e um veneno, e que a serpente está atuando dentro de um padrão mundano. É preciso estar atento sobre a voz que iremos ouvir. Por isso, Deus pergunta a Adão: quem te disse?”.

“Aprenda a ouvir a voz de Deus, aprenda a discernir e entenda que existe muita saúde nesses dez passos citados. Respeite-os e crie saúde em sua vida”, aconselhou o psicólogo ao finalizar.

Assista:

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições