Sobrevivente de Columbine conta que a voz de Deus o ajudou a livrar pessoas do massacre

Craig Scott conta que quando percebeu que estava na mira dos atiradores, clamou por sua vida e atendeu a uma voz que lhe ordenou sair do local.

fonte: Guiame, com informações do Charisma News

Atualizado: Quarta-feira, 17 Abril de 2019 as 11:22

Craig Scott afirma que só conseguiu sobreviver e ajudar a salvar várias pessoas que estavam com ele na biblioteca da escola porque ouviu a voz de Deus lhe ordenando a sair daquele lugar no momento certo. (Foto: Pureflix)
Craig Scott afirma que só conseguiu sobreviver e ajudar a salvar várias pessoas que estavam com ele na biblioteca da escola porque ouviu a voz de Deus lhe ordenando a sair daquele lugar no momento certo. (Foto: Pureflix)

Os sobreviventes do massacre de Columbine e suas famílias estão compartilhando seus impactantes testemunhos quase 20 anos depois que dois estudantes entraram na Escola de Ensino Médio em Littleton, Colorado, e cometeram atos trágicos de violência, matando 12 estudantes, um professor e posteriormente se suicidaram.

O tiroteio em Columbine chocou os Estados Unidos e diversas outras nações. Craig Scott e Evan Todd — dois ex-alunos que estavam na biblioteca da escola naquele dia fatídico — aparecem ao lado de outros sobreviventes na série "After Columbine" (“Após Columbine”), lançada pela produtora cristã ‘PureFlix’, revelando o que viram e experimentaram durante e após a ocorrência traumática.

No início, Scott e Todd pensaram que os barulhos eram parte de uma brincadeira de veteranos, mas quando um professor entrou freneticamente na biblioteca e mandou os alunos se esconderem, eles entenderam que algo mais grave estava acontecendo.

Os atiradores logo entraram na biblioteca, onde grande parte da violência ocorreu. Scott lembrou-se de estar aterrorizado no meio daquele momento inimaginável.

"Eu pedi a Deus para tirar o meu medo, porque eu literalmente senti que meu coração ia parar de bater, e naquele momento, senti alívio do meu medo", disse ele, observando que ele experimentou algo profundo naquele momento. "Cerca de um minuto depois, ouvi uma voz falar comigo e disse: 'Saia daí".

Scott viu quando os atiradores saíram por um momento, então ele se levantou e gritou para todos saírem da biblioteca. Os alunos fugiram do local a tempo de fugir dos atiradores que adentraram a sala novamente.

"Se eu não ouvisse aquela voz, se eu não fizesse o que ela me mandou fazer, acho que mais pessoas teriam morrido", disse Scott, certo de que teria ouvido a voz de Deus.

Todd, que também estava na biblioteca naquela manhã, lembrou-se de orar durante o ataque, pedindo a Deus para ajudá-lo a sobreviver à provação.

"Eu estava orando a Deus, pedindo a Ele que me deixasse viver", disse ele, observando que os atiradores ameaçaram matá-lo.

"Um deles se ajoelhou e coloca uma arma na minha cabeça, perguntando: 'Por que nós não deveríamos matá-lo?”. Todd respondeu que sempre foi bom para as pessoas na escola e, por alguma razão, os atiradores não pouparam sua vida e saíram a biblioteca logo após. Ele foi a última pessoa a falar com os atiradores.

"Algo aconteceu naquele momento em que eu ainda acredito até hoje não foram minhas palavras", disse ele. "Foi algo maior, mais poderoso."

A série “After Columbine” é um programa que apresenta as histórias impactantes de sobreviventes do massacre, familiares de algumas das vítimas e outras pessoas que foram diretamente impactadas pela tragédia.

A série transcende questões — e manchetes — para explorar como os sobreviventes do massacre de Columbine e suas famílias lidaram com a tragédia.

A produção pode ser acessada gratuitamente (em inglês) no endereço: https://pureflix.com/series/285185062899/after-columbine .

 

veja também