Vitor Belfort recebe centenas de pessoas em lançamento de livro no RJ

Vitor Belfort recebe centenas de pessoas em lançamento no RJ

Atualizado: Sexta-feira, 6 Julho de 2012 as 2:20

Um shopping na Barra da Tijuca recebeu ontem, quinta-feira (5), o lutador Vitor Belfort que lançou o livro 'Lições de garra, fé e sucesso: Vitor Belfort'.

No livro, lançado pela Thomas Nelson, Belfort fala de diversos assuntos, entre eles o início da carreira, sua conversão, o casamento com Joana Prado e o desaparecimento da irmã Priscila. A jovem sumiu em 2004 e o caso ainda não teve solução.

Joana Prado relata que não fácil para o marido falar sobre o caso. " Foi, sempre é difícil, porque, querendo ou não você mexe na ferida. Não tem como. Mas acho que ele já está tão bem resolvido em relação a tudo isso que ele soube administrar bem. Foi legal que ele quis abrir o coração e falar tudo, sem deixar nada escondido. Acho que é justamente por isso que as pessoas vão se identificar com o livro", disse.

"Ele não tem noção do potencial que ele tem. Não sei se daria para ser melhor. O bacana é que ele continua humilde, com os valores e princípios dele. Isso que acho bacana no Vitor", expôs Joana, impressionada com a quantidade de pessoas no evento.

Em recente entrevista, Vitor Belfort explicou de que forma pretende ajudar outras pessoas com o livro. "Sou cristão, tenho um relacionamento com Deus e não me envergonho disso. Mas o livro também descreve minhas mazelas, de como por exemplo, aos 13 anos, entrei no mundo das drogas e consegui sair. Quero ajudar a todos a lidar com o fracasso, o sucesso, a fama, o dinheiro, o sofrimento", contou.

Sem declarar abertamente que irá torcer por Anderson Silva, Belfort falou o que espera da luta do UFC 148 desse sábado. "Torço para que o esporte cresça. Torço para que o Vitor Belfort seja o campeão. Nesta luta de sábado vou torcer para que o evento seja uma maravilha. Tenho um carinho enorme pelo Demian Maia (que enfrenta o sul-coreano Dong Hyun Kim). Quero que o Anderson lute bem e dê show. Óbvio que a gente quer que o Chael Sonnen tome um couro. Não tem como esconder isso, porque é um cara que abusou muito ao falar do Brasil, e o Anderson tem todos os ingredientes para dar uma coça nele."

Leia também:

Vitor Belfort: "Quero montar uma igreja num vilarejo carente da África"

Balaio apresenta o projeto 'Onésimo', da penitenciária de MG


com informações do sporTV

veja também