A voz da nossa consciência não é a voz do Espírito Santo, diz youtuber

Gui Cândido afirma que é preciso discernimento espiritual para saber quando o Espírito Santo fala.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 17 Outubro de 2018 as 9:15

Muitos cristãos podem se pegar na dúvida sobre se aquele tal pensamento é o Espírito Santo ou a nossa consciência. A youtuber Gui Cândido explicou que quando o Espírito Santo fala, não há margem para tribulações.

“Vocês já tiveram um pensamento, como se fosse sua mente falando ‘liga para o fulano, não vai até esse lugar, vai olhar o que os seus filhos estão fazendo’? Como que nós podemos saber que o que nós estamos ouvindo é realmente do Espírito Santo, através de nós ou se isso é só a nossa consciência?”, questionou.

“Não existe uma fórmula para descobrir. Se tivesse nós não precisaríamos da fé, não precisaríamos ler a Bíblia e nem orar. Mas a boa notícia é que existe uma forma. Primeiramente vamos ver quem é o Espírito Santo e a sua função. O Espírito Santo não é um pensamento bom, positivo ou uma força cósmica. Ele a terceira pessoa da Trindade, que se importa conosco e nos ama”, disse.

Cândido ainda diz que Ele é mediador e intercessor. “Aquele que está ao nosso lado. É um conselheiro. E o que é que o conselheiro faz? Uma pessoa equipada, preparada para orientar pessoas com problemas pessoais, sociais e psicológicos. Ou seja, nós temos um coaching, um advogado e um psicólogo de graça, pela graça”, colocou.

“Muitas vezes nós não escutamos a voz do Espírito Santo porque estamos falando demais e ouvindo de menos. Nós precisamos nos calar em determinado momento para que possamos ouvi-lo. Ele é educado. Quando nós falamos Ele se cala. Quando nós nos calamos. Ele fala. Bem diferente da maioria de nós", pontuou.

"É tão bom quando a gente acaba o nosso dia e depois que nós lemos a Bíblia e deitamos para dormir a gente acorda às vezes de madrugada e bate um papo com o Espírito Santo. Mas a gente faz no dia-a-dia tantos afazeres e pensamos: 'Será que esse sou eu? Será que a minha consciência quem está falando'".

"Como é que nós ficaremos atribulados se é o Espírito Santo que está falando conosco? A nossa consciência nos ajuda a distinguir entre o bem e o mal, mas ela não é a voz do Espírito Santo".

veja também